*** People que lê este blog, estive ausente por recomendações jurídicas. Sabem, trabalhar e sustentar os vícios requer certos cuidados, os quais são geridos e controlados por documentos denominados NDA’s.  Como estes danadinhos expiraram, retorno as atividades normais – não sei para quem – e cotidianas deste blog. ***

Depois de ter participado e realizado alguns pentests nestes últimos 3 anos, eis aqui a minha análise sobre a expectativa e a realidade de um hacker brasileiro.

Expectativa, quando ele acredita que invadiu um sistema top pica das galáxias…

549827_326359757480921_104157465_n

Realidade, quando alguém chega com uma simples linha de comando e demonstra que era assim a invasão:

69664-356x267-Simple_math

*** FIM

P.S.: Sabemos que nem tudo são flores – como já dizia a música, e que há exceções. Mas, a grosso modo, é assim que acontece na maioria das vezes.

Atualização.: Para quem ficou curioso sobre a primeira equação, segue uma leve explicação sobre ela …..

Equação geral do Modelo Padrão Lagrangiano (densidade lagrangiana). Esta, sob o princípio geral da Teoria Quântica do Campo, descreve com sucesso todas as partículas elementares conhecidas e 3 das 4 forças fundamentais (a exceção vai para a força gravitacional, por apresentar incompatibilidade teórica na inserção desta (força) ao Modelo Padrão). Esta equação também “prevê” a existência de uma partícula fundamental maciça, denominada Bóson de Higgs, confirmada, após 40 anos. A lagrangiana do Modelo Padrão contém setores, dos quais tem-se o setor de férmions, o setor de Higgs, o setor de gauge, o setor QCD e EW, dentre outros (resumidamente, energias cinéticas e auto-interação de bósons, interações eletrofracas de férmions, interações entre quarks e glúons, acoplamento de Higgs). — coisa fácil de entender, não é mesmo.. hehehehe