Acessando o site do Anchises, eu acabei lendo a seguinte matéria [Segurança] A história do Hacking.

Resumindo o diagrama acima, para que o leitor tenha uma tradução em português do mesmo, os principais fatos indicados são os seguintes:

  1. O termo “hacking” foi criado pelo famoso matemático John Nash;
  2. Uma das primeiras técnicas de hacking (o “phreacking”) surgiu em 1972, quando John Drapper, conhecido como “Capitão Crunch”, descobriu como hackear centrais telefônicas;
  3. Ian Murphy foi o primeiro hacker condenado, após invadir a rede da gigante da telefonia AT&T e alterar os relógios internos das centrais telefônicas (assim, as pessoas podiam pagar tarifas noturnas, mais baratas, mesmo durante o dia);
  4. Kevin Mitnick foi, durante os anos 90, o hacker mais procurado dos EUA. Ele chegou a ficar preso por 5 anos, aguardando seu julgamento.
  5. Durante 2001 e 2002, Gary Mckinnon realizou as maiores invasões a sistemas militares da história. Ele invadiu sistemas da NASA, Departamentto de Defesa dos EUA. Marinha e outros, procurando informações sobre OVNIs.
  6. Recentemente, o cyber criminoso Albert Gonzalez recebeu a maior sentença por hacking da história (20 anos de cadeia). Ele invadiu diversas empresas americanas e roubou cerca de 200 milhoes de dados de cartões de crédito.

Além destes fatos, o diagrama mostra várias estatísticas sobre cyber ataques no mundo. Por exemplo, os EUA, Índia e Brasil são os maiores emissores de SPAM do mundo. Além disso, 43% das empresas entrevistadas pela Symantec declararam que perderam propriedade intelectual através da ação de hackers.

O diagrama aborda a história da segurança da informação de uma forma bem simplificada, e com um foco muito claro em ações criminosas e na punição dos criminosos (que, a propósito, deveria ser chamados de “crackers”, e não “hackers”). Muitos outros fatos marcaram esta área nos últimos 20 anos, mas ficaram de lado, como o surgimento dos ataques de negação de serviço distribuído (DDoS) no final do ano de 1999 e as grandes infecções por vírus no início deste século. Recentemente, por exemplo, o portal G1 publicou um artigo muito interessante, entitulado “Conheça os especialistas em ‘brincar’ com a telefonia, os phreakers”. Este artigo, do excelente jornalista Altieres Rohr, conta com muito mais detalhes e mais precisão o início das atividades de phreacking nos Estados Unidos, que marcou o início da cultura hacker. Texto Retirado do blog do Anchises.

Quer saber mais sobre o mundo Hacker, ter acesso aos maiores profissionais de segurança do país e ainda concorrer a uma série de bolsas de estudos e livros ? É só participar do Web Security Forum, será nos dias 9 e 10 de Abril em SP