Desde que a VMware lançou o VMware fusion, solução de virtualização para usuários Mac, o meu mundo ficou focado em Apple. Todo o dinheiro que eu já investi em upgrade de hardware foi para melhorar o meu mac book pro.

Coloquei 8GB de RAM, um HD híbrido de 500GB (SSD + 7200RPM) tornando-o 4x mais rápido que um simples HD que funcione a 7200 RPM, e por último, eu adquiri uma baia/adaptador para trocar o meu super-drive por um hd. Ele ainda não chegou, mas o HD que substituirá o super-drive já está pronto.

Eu utilizo esse pequeno “foguete” para montar os meus ambientes virtuais com máquinas Linux e Windows. Diversas ferramentas de gerenciamento e suporte da empresa para qual eu trabalho só rodam em ambiente Windows, infelizmente, e por isso eu sempre tenho um vm “de pé” com windows.

O legal de você ter um notebook performática é a capacidade que você tem de criar uma série de ambientes virtuais para realização de testes de forma rápida, prática e segura. Você não precisa comprometer a segurança de seu note, é só criar uma máquina virtual e testar aquele programinha que saiu há pouco tempo, mas você não pode esquecer de alguns itens:

  • Aconselho e muito a utilização de dois hds em notebook para que você possa distribuir a leitura/escrita entre eles para suas máquinas virtuais. Isso faz toda a diferença na hora que você tem rodando 2 máquinas virtuais, ao mesmo tempo.
  • Não é porque que você tem uma máquina virtual rodando no seu ambiente que ela não precisa dos patches de segurança atualizados e tome cuidado principalmente quando você conectar a sua máquina virtual na rede da empresa.
  • Quanto mais processador e memória você alocar para sua máquina, mais lento ficará o seu ambiente como um tudo. Não abuse na quantidade de janelas do firefox ou programas rodando ao mesmo tempo.
  • Percebi que VPNs windows funcionam bem melhor quando a sua VM está trabalhado com NAT em vez de Bridge.
  • Sempre, mas sempre atualize o VMware Fusion. A última vez que eu fiz isso, ele melhorou e muito o suporte para o Windows 7.

E por fim, o que não pode faltar em um mac book pro utilizado para trabalhar com ti:

  • Office 2011 for Mac – a Microsoft acertou dessa vez
  • Vmware Fusion – atualizado
  • Imagem do Backtrack 4 e do BackTrack5
  • Hd Híbrido ou SSD – Tudo vai depender do seu poder aquisitivo
  • 8GB de RAM no mínimo
  • Qualquer versão do Windows, que não se já o Vista e com o Firewall e anti-vírus atualizados e funcionando.