Eu assumo, sou viciado em computador e Internet, descobri isso hoje, em alto mar, nadando e pensando: será que consigo fazer um tuning em uma JVM IBM ? Preciso testar. Neste momento eu percebi o quanto estou viciado em computadores.

Sabe aquela velha história que chega um cara contando sobre a noite com uma morena show de bola, mas ele é interrompido na hora que fala que tirou o notebook novo da mesa e colocou no chão para dar lugar a morena, pois um nerd perguntou qual era a configuração do note ? eu sou aquele nerd que fez a pergunta do note!

Alguns amigos já me perguntaram se eu conseguiria participar do BBB, a resposta foi não, não tem acesso Internet 24×7!

Eu nunca irei duvidar da capacidade do ser humano em se adaptar depois de eu ter arrumado uma conexão, dial-up, no norte de Angola para acessar os meus emails.

O interessante disso tudo é que acredito que eu faça parte de um grupo que está crescendo exponencialmente devido as redes sociais, acesso Internet de alta velocidade e fácil capacidade de se relacionar com outras pessoas pelo computador, não chego ao ponto de trocar a vida real pela virtual, como os sul coreanos (A Coreia do Sul está passando por um sério problema com seus viciados em Internet, crianças estão morrendo pois seus pais esquecem de alimenta-los), mas várias vezes eu troquei uma saída ao cinema pelo download do filme em 1080P e assisti-lo no conforto da minha sala e do meu sofá.

Assumo que tive problemas em relacionamentos na minha adolescência, era CDF (NERD antigo) demais, depois de velho que aprendi a chegar nas meninas, mas sem o computador viu, pelo celular.. heheheh, o interessante é que a traição aumentou mais de 300% nestes últimos anos devido as redes sociais, ao msn, salas de bate papo e sites de relacionamento. Vejo que os meus sobrinhos com 15 anos possuem uma facilidade maior de se relacionarem, ter namoradas, do que eu há 15 anos, isso porque o computador quebra uma série de regras e pudores, você pode falar o que pensa e se a pessoa não constar você simplesmente dá um block nela.

Minha rotina é a seguinte: acordo às 7:00 AM, acesso o meu computador, verifico os emails, twitter, facebook e os blogs. Tomo um banho, dou comida para o cachorro e o levo para passear, isso tudo tendo o celular/smartphone em punho e conectado no email, twitter e facebook. Às 8:20 parto para o escritório, chego às 8:40 (sorte a minha chegar em 20 minutos no trabalho, morando em SP), peço um pão na chapa e um suco diet de uva, com o smartphone em punho. Sento em minha mesa às 9:00 AM, mas já respondi uma série de emails. Depois de me reunir e trabalhar, parto para casa às 6:00 PM, chego em casa, sento de novo no computador e mais uma rodada na Internet. Lá pelas 1:00 AM eu vou dormir, mas com o notebook no colo e depois colocando-o para carregar ao lado da cama, vai que alguém do trampo me liga às 4:00 AM para resolver algum problema.

Será que eu sou mesmo viciado ?! e vocês ?

P.S.:  ainda arrumo tempo para a esposa, ela não tem o que reclamar.. hehehe

Esqueci de colocar a foto do vício, 9:30 PM na sorveteria Aquarela em Bertioga/SP, fazendo o que ?