Nesses últimos 2 meses, várias empresas e analistas de segurança coletaram uma série de programas maliciosos que possuíam como objetivo atacar sites utilizando o protocolo HTTP de forma automática ou remota, os tão conhecidos botnets. O que impressionou os analistas foi que mais de 90% destes botnets eram provenientes da China. o_O.

Os chineses estão se especializando em pragas virtuais e isso é comprovado na análise dos softwares maliciosos, um dúvida que fica é se o Governo Chinês é o maior incentivador desta prática ou se os nerds chineses estão se tornando verdadeiros hackers ou crackers. O fato é que o crescimento quanto ao acesso à Internet por parte da população chinesa cresce em mais de 15% ao ano e a China possui uma das maiores censuras tecnológicas do planeta, para ela conseguir todo esse controle de quem acessa a Internet a partir de sua rede é necessário o treinamento da sua população em uma série de tecnologias e técnicas de segurança, e ai está o populo do gato, quanto mais gente souber como funciona um protocolo, uma rede ou um programa, teremos a formação de mais hackers ou crackers.

Eu soube de alguns casos onde empresas americanas simplesmente bloquearam o tráfego Internet oriundo de redes chinesas, já que após uma análise de todos os ataques sofridos ficou constatado que 90% deles foram oriundos de redes chinesas.

Veremos as cenas dos próximos episódios.