É comum com a união de empresas ocorrer logo em seguida a consolidação de suas operações e seus DataCenters, caso eles existam, e isso corre devido a custo. Manter operações ou áreas duplicadas como operação, suporte, monitoração além de ser um baita trabalho, é um custo desnecessário. Imagine isso para as fusões que ocorreram no Itaú+Unibanco e Santander+Real, a quantidades de áreas duplicadas e datacenters entre estas 4 empresas é monstruosa.

E ai, o que fica e o que sai quando falamos da consolidação de DataCenters entre empresas deste porte ?

A resposta não é simples já que devemos analisar como é a política da empresa compradora e o legado adquirido da empresa comprada. A sinergia e aproveitamento de operações e infraestrutura é pensada em um primeiro momento, mas no fim das contas, o que fica é a operação e forma de trabalho do comprador e em casos específicos, a melhor tecnologia ou serviço, mas que apresente o melhor custo.

Neste final da crise de 2009, começou uma série de pedidos por parte dos clientes que possuem infraestruturas de TI críticas quanto a criação de DataCenters backup, isso demonstra que essas empresas estavam com dinheiro sobrando, e bota dinheiro nisso. 🙂

Agora no final de 2010, com o fim do ano fiscal, várias empresas estão revendo o budget ou orçamento e perguntam aos seus fornecedores de serviço: o que posso consolidar e melhorar na minha infraestrutura ?

Essa pergunta ocorre principalmente para grandes empresas que utilizam o multisoutrcing para forçar uma redução de custo por parte de seus fornecedores e uma virtual melhora na oferta dos serviços prestados a si. É feito da seguinte forma: Se um prestador de serviços outsourcing ou de hosting conseguir consolidar a infraestrutura de um cliente que está espalhada em múltiplos lugares, e com isso reduzir em mais de 10% o custo mensal, ele vai abocanhar um contrato maior. Isso não parece leilão, isso um leilão, quem entregar mais, com qualidade e preço melhor, leva o produto.

Dai a criação de áreas dentro de empresas de TI especializadas em analisar infraestruturas complexas e distribuídas, para apresentarem aos seus clientes projetos de consolidação que contenham uma redução de custo atraente, e que possam abocanhar mais um contrato.

Várias tecnologias como a virtualização e Cloud Computing estão a disposição das empresas de outsourcing para auxiliar na confecção de uma proposta de consolidação, proposta essa que possua os seguintes pré-requisitos:

  • Redução de custo
  • Consolidação que melhore o seu parque tecnologia
  • Estabilidade do ambiente
  • SLA mais agressivo
  • Migração simples e com isso, um menor tempo de implementação.

O resultado da soma de 1+1 no caso acima é 1,6, no máximo 1,8, se for maior que isso, nada feito, isso falando de valores.

*Obrigado ao Rodrigo Prior pela correção.