Depois da H2HC e do lançamento dos exploit do Nelson Brito, muitos leitores pediram a indicação de livros para começarem a programar em C e na confecção de exploits.

No Brasil nós temos excelentes programadores em C, isso devido a disciplina de programação em nossas universidades. Um dos livros mais vendidos de programação é o C Completo e Total, livro esse que você pode baixar neste link. Excelente para quem nunca viu programação ou linguagem C na vida.

Depois de você ter lido um pouco do C Completo e Total já dá para começar a ler o Hacking – A tradução do best saller Hacking: The Art of Explotation. O livro é bem interessante pois tem como premissa que uma pessoa não possui conhecimentos de programação, ele começa explicando loops, arrays, compilação e outros pontos importantes para aprender a programar e trabalhar com programas e C, mas Gustavo, por que você fala para começar lendo o C Completo e Total e depois ler o Hacking ? Simples meus amigos, o C Completo e Total explica de uma forma muito mais clara e simples conceitos básicos de programação que o Hacking passa batido.

O Hacking explica muito bem conceitos de buffer overflow e mais uma série de ataques hackers. A partir da página 285, o livro Hacking começa a entrar no mundo do exploit do Nelson Brito, falando sobre como criar um exploit para realizar ataques DoS/DDoS, entendimentos sobre a suíte de protocolos TCP/IP voltada é claro para ataques e sobre Assembly, linguagem essa que você precisa aprender alguns conceitos para tirar o máximo proveito do seu computador na hora de um ataque.

Depois de ler este livro você não estará apto a criar um exploit e realizar uma série de ataques, mas sim terá um entendimento intermediário de como funciona um exploit, o que você deverá focar em seus estudos e se atentar na hora que lançarem um novo exploit.