Galera, no dia 9/11, eu fiz uma palestra para as turmas de redes e ads da Unip, campus Tatuapé. O pessoal foi muito receptivo e fez um série de perguntas sobre o tema da palestra que foi Ambientes Web Complexos, além de dúvidas sobre o que estudar em TI, focando em redes ou desenvolvimento e como está o mercado de trabalho brasileiro.

No final da palestra fiquei conversando com um grupo de alunos sobre o que focar em TI. Para aqueles que querem partir para infraestrutura as dicas são:

  • Estudem inglês, 90% do material disponibilizado está em inglês, além de ser um pré-requisito para as empresas multinacionais.
  • Linux é o sistema operacional que invadiu os datacenters e os profissionais estão bem valorizados.
  • Estudar redes focando em Cisco está em alta, certificações como CCNA e CCNP abrem muitas portas, mas sem inglês não rola.
  • Há necessidade de profissionais com conhecimentos Microsoft, mas a grande maioria das empresas de outsourcing possuem mais projetos rodando em Linux do que Microsoft.
  • Estudem as distribuições que as empresas utilizam, RedHat e Suse – Ubuntu começou a ser utilizado pois agora podemos contratar suporte. Algumas diferenças de administração entre algumas distribuições e a sua experiência poderão ser decisivos na hora de uma entrevista.
  • Não existe conhecimento em infra sem esforço, sendo assim, estejam preparados para viraram madrugadas, perderem finais de semana e festas. Quem trabalha com infra tem problemas 24×7, que diga o meu celular.

Para aqueles que desejam desenvolvimento:

  • O inglês também é essencial.
  • Desenvolvedores levam vantagem quanto ao espaço de estudo se comprarmos com o pessoal de infra, para estudar infra é necessário montar vários laboratórios, para um desenvolvedor é necessário 1 computador. 🙂
  • Os grandes projetos no mercado brasileiro são desenvolvidos utilizando JAVA, BPM e SOA, mas linguagens de programação como Ruby in Rails, PHP, Pearl já são pré-requisitos para algumas vagas e eu vejo que a tendência é só aumentar devido aos custos diretos que JAVA traz a uma empresa de médio e grande porte.
  • Ainda vejo grandes projetos utilizando Asp.NET, mas nada comparado a JAVA.

Gerência de Projetos, ERP, falando em SAP, são áreas que vários jovens vêm buscando para trabalhar, mas gerência de projetos requer experiência, não quer dizer que você fez um curso que conseguirá gerenciar um projeto de cara. Os custos de um curso SAP são proibitivos para muitos profissionais, em média custam mais de R$ 8.000,00, estou falando de academia oficial SP.

Uma coisa importante: Eu aprendi que se você deseja ficar rico e quer algumas dicas de como chegar lá, não é para perguntar para o gerente do banco e sim para uma pessoa rica. Isso vale para TI, pergunte para quem já tem experiência e já passou por muitas coisas, tanto boas como ruins.

Agradecimentos especiais para Márcia Florentino (ela que me convidou para a palestra), o coordenador Anderson Meira, aos alunos que tiveram paciência comigo, além dos elogios por email e twitter :), e a Unip com a sua excelente infraestrutura.

Se você é de São Paulo e quer uma palestra do Coruja de TI é só entrar em contato, não cobro nada e a troca de experiência será bem legal.