Neste último final de semanal ocorreu o lançamento oficial do IPAD no Brasil, pessoas correndo para comprar um dos objetos mais desejados do momento e muito útil viu, eu tenho o meu e acho fantástico, estou com centenas de livros e músicas nele. Tem uma série de pessoas achando o IPAD bem interessante, destacando a sua versatilidade e a quantidade de aplicações disponíveis para ele.

Uma coisa me chamou a atenção, é que o IPAD não está só sendo comprando e usado pelos Nerds e Geeks, exemplo é um engenheiro que mora no meu prédio e que comprou o IPAD, ele disse que utiliza o brinquedinho por ser mais fácil de carregar e analisar os dados nos canteiros de obra. A empresa de engenharia que ele é sócio mandou desenvolver um aplicativo para rodar no IPAD voltado as necessidades do dia a dia dos engenheiros. Show de bola. Imaginem isso em larga escala ?!

O IPAD não é um modismo, nem uma febre de consumo, mas sim uma ferramenta que facilitará a vida de milhares de profissionais em todo mundo, imaginem os médicos utilizando-o para analisar a ficha de um paciente, advogados analisando petições – o seriado de good wife já apresentou o IPAD como substituo do papel.

E nós, programadores e empreendedores brasileiros, o que podemos ganhar com isso tudo ?

Simples meus amigos, desenvolvimento de aplicações para esse carinha, aplicações que atendam o dia a dia dos brasileiros que possuem sérios problemas com a linguá inglesa, é engraçado, mas é fato, muitos que compraram o IPAD não sabem ler em inglês, daí a necessidade de escrever aplicações para este tablet em nossa linguá nativa.

Mas daí vem a segunda pergunta, desenvolver aplicação para IPAD dá dinheiro ? Sim e bastante, vale lembrar que a Apple Store cobra 30% da venda e é muito fácil cadastrar a sua aplicação na loja.

Para desenvolver para o IPAD você precisa de uma boa ideia, um computador, baixar o SDK do IPAD e mãos a obra. Eu acredito que nos próximos meses teremos centenas de profissionais brasileiros especializados em uma série de aplicações para o IPAD.