Atenção: O post abaixo foi realizado por um amigo advogado, que está um tanto que cansado de trabalhar com leis, ou como ele mesmo diz, com histórias para boi dormir.

De acordo com a Lei nº 4.737/1965, a partir de hoje (30), até 48 horas depois do encerramento da votação, nenhum eleitor pode ser preso ou detido, salvo em flagrante delito, ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto.

Resumindo, podemos matar, roubar e estuprar, mas é claro, sem sermos pegos em flagrante.

Atacar via DDoS, causar um defacement e ainda colocar em caixa alta e letras garrafais que foi vc, incluindo o nome do pai, da mãe e o endereço com CEP, também pode.

Não pode invadir uma delegacia, sair xingando a polícia por aí de tudo que é nome, pois pego em flagrante, dá cadeia.

Pixar os muros das cidades, colocar fogo no parque do ibirapuera, jogar bomba nas prefeituras, também pode.

Xingar um juiz ou um desembargador, aí já não pode. Dá cadeia.

Skinhead na Augusta, descendo a lâmpada na galera alternativa, também pode. Mas não deixa ser pego em flagrante. Bate e se tranca na casa do primo lá de Mogi.

E que comecem os jogos…

P.S.: Vc`s sabiam que ninguém pode ser preso no dia das eleições, domingo, nem em flagrante ? Pois é, e que comecem os jogos.

Queridos colegas, o que vc’s acham disso ?

Atualização 1: Piada de fim de noite – um amigo acaba de informar que o Brasil, bem no período eleitoral de 2014, foi escolhido como base para filmagens do quarto filme da série jogos vorazes. É que a produção deseja cortar o orçamento e dar um tom mais real ao filme. Nada melhor que uma lei dessas para incentivas o cinema.

Atualização 2: Uma leitora advogada e que ama participar como mesária de nossas eleições, informou que presos não votam, exceto os que estão de forma provisória, por isso não interessa prender ninguém até a realização do pleito. E os que estão presos de forma provisória, aguardando julgamento, podem votar, pois há urnas no CDP (centro de detenção provisória) durante o período da manhã, para não deixarem de votar.

Que país maravilhoso este que vivemos, não é mesmo…