A Google havia anunciado a construção de um novo datacenter para atender as suas operações na Europa. Ela escolheu a Finlândia e está em estágio avançado na construção deste novo complexo. O que me chamou a atenção foi a utilização da água do mar para refrigeração de suas operações, uma excelente economia de energia já que o mar finlandês(báltico) é um dos mais gelados do mundo.

Vejam o vídeo abaixo com mais detalhes sobre o projeto do Datacenter da Google na Finlândia:

A Google se preocupa em utilizar meios não poluentes de energia e refrigeração em suas operações há anos para não agredir a natureza.