Em 1997, o mundo ficou maravilhado com a capacidade de um supercomputador da IBM ter conseguido derrotar o campeão de xadrez , Gary Kasparov. Foi um marco para a história da computação, uma máquina conseguiu vencer o raciocínio humano.

Desta vez a IBM vai para um desafio bem maior?!, o novo supercomputador denominado Watson, em homenagem ao fundador da IBM, Thomas J. Watson, participará do programa Jeopardy, é um dos mais legais e mais difíceis que existem, consiste no apresentar sitar uma determinada informação e a pessoa responder com uma pergunta, assim, ele descobriu o Brasil e a resposta é: Quem foi Pedro Alvares Cabral ? (na verdade o Brasil foi encontrado e não descoberto, já havia pessoas morando aqui 🙂 )

Confesso-lhes que eu já me inscrevi neste programa quando morava nos EUA, isso porque minha mãe sempre diz que eu tenho uma memória inacreditável para porcarias, daí eu queria colocar à prova, pena que não fui convidado. O bom disso que não fui humilhado em rede nacional. 🙂

Voltando ao “super” desafio do Watson, será dado um conjunto de prédios que chegará a US$1.000.000, tem primeiro, segundo e terceiro lugar, vejam o vídeo promocional:

Vamos a minha opinião disso tudo:

Trabalhar na IBM é sinônimo de sucesso profissional, quantas pessoas sonham em falar: Eu trabalho na IBM!, e isso é simples de explicar, a IBM inventou o mainframe, a virtualização, os chips que vão no Xbox360 e no PS3 – e vi os primeiros chips no laboratório de Austin. Vocês sabiam que a IBM é líder de pedidos de patentes em todo mundo há 3 anos consecutivos ?! Eu aprendi uma frase, nenhum executivo foi demitido até hoje por ter contratado o serviço de outsourcing da IBM – vejam o poder disso.

A IBM está longe de ser uma empresa perfeita, mas o nome em um currículo pesa e muito.

Mas, por que o diretor de marketing da IBM precisa colocar um supercomputador  no Jeopardy em vez de auxiliar no processamento no processamento de uma série de dados para a busca da cura de uma série de doenças. A respostá é marketing e isso gera bilhões.

Outra coisa, A IBM tem que provar alguma coisa para alguém nos dias de hoje ?!