Já tinha comentado no blog quanto a possível cobrança da utilização do JAVA já que a Oracle havia comprado a BEA e a SUN. Eu havia comentado que a Oracle poderia criar uma versão “enterprise” do JAVA juntando o que há de melhor do Jrockit com o Hotspot, dito e feito.

O Vice-presidente de desenvolvimento da Oracle informou que isso irá acontecer, onde haverá uma edição freeware e uma edição premium para JVM. O que já se sabe é que a edição premium terá uma performance maior do que a edição freeware, nada de novo. 🙂

Resta saber como a comunidade JAVA irá receber este projeto, e não duvido em nada que alguém irá começar a desenvolver uma terceira versão de JVM freeware que tenha os mesmos benefícios que a versão paga.

Eu trabalho com servidores aplicacionais JAVA, onde grande parte dos servidores rodam WebLogic e a JVM base para este parque é Jrockit (roda tudo em Linux). As empresas que utilizam esta plataforma continuarão a pagar pelo Jrockit ou por qualquer outra versão de JVM que venha com suporte, sempre tem que haver alguém para culpar.

fonte: The Register