Todos os anos, sites especializados em negócios, como a exame, e de TI, como a infoexame, divulgam listas com previsões, dignas de mãe Diná, quando o assunto é relacionado aos profissionais que serão mais disputados no próximo ano.

Os 7 profissionais de TI que serão mais disputados em 2015, artigo que foi publicado há poucos dias no site da infoexame não foi diferente disso.

Infelizmente, a Camila Pati, autora do artigo, deu um Crontol+c + Control+v na versão americana, e assim, publicou estáticas lá de fora (EUA) e que não remetem em nada o cenário brasileiro.

Para provar o que estou dizendo, basta acessar os conhecidos sites de procura de emprego como apinfo.com (o melhor de todos, em minha opinião), o infojobs (pago e focado em empregos de baixa remuneração em ti), catho e o vagas.com. Neles será possível constatar que as vagas com a maior procura de candidatos são relacionadas, em ordem crescente, com os seguintes perfis:

desenvolvimento, seja analista, arquiteto ou programador – SOA, SAP, JAVA, .NET, PHP e Web
suporte, seja como técnico ou analista – Windows, Linux e Redes, com foco em Cisco
DBA – Oracle, Mysql
e por último, mas não menos importante, segurança, mas com foco em suporte a produtos e, em alguns casos, para trabalhar com auditoria, confeccionando e implementando normas de segurança

Fato é a proporção de 10 vagas de desenvolvedores JAVA para cada vaga em aberto para analista de segurança, onde esta proporção aumenta para uma proporção 50 para 1 quando se trata de áreas mais específicas em SI, como por exemplo a de analista de pentest.

Este post é simplesmente um alerta para aqueles que leem por aí notícias que dizem que o mercado de S.I. está crescendo de vento e popa em nosso país.  Tudo balela.

E vejam que quem está dizendo isso não é o Gustavo do Coruja de TI, mas sim sites especializados em vagas de emprego, mas focados em nosso país.