Está para ser apresentada no congresso dos EUA uma lei que tem como objetivo grampear conversas e ligações oriundas de meios como Facebook, Skype e Gtalk. Os especialistas de segurança do governo dos EUA dizem que ficou difícil rastrear criminosos devido a estas novas tecnologias, que a criptografia é muito forte e que as empresas deverão prover um meio para grampear qualquer comunicação suspeita, é claro que tudo dentro da lei. 0_O

É interessante ler uma coisa dessas principalmente quando falamos dos EUA, líder em espionagem. Vários órgãos do governo americano como também uma série de tecnologias foram desenvolvidas para auxiliarem na espionagem, tudo em prol da segurança do Estado Soberano da América do Norte.

Sabemos que há uma série de backdoors em equipamentos, sistemas e serviços que foram obrigados pelo governo dos EUA a serem implementados, quem não lembra do que ocorreu com a Google no ano passado.

Eu soube que o Facebook possui um forte acordo de cooperação com a NSA (agência de segurança nacional dos EUA) e com CIA, tudo para monitorar atividades suspeitas em sua rede.

Com a implementação desta nova lei, o governo dos EUA na minha opinião quer ampliar o seu poder de rastreamento na rede, aumentado assim a sua capacidade de intrusão na vida alheia.

Um ponto quanto a tudo isso é que hackers e crackers terão novos meios de invadirem equipamentos, sistemas e redes. Mais backdoors para serem exploradas.