Parece piada mas não é, o oriente médio está pegando fogo. Várias manifestações em prol da saída de líderes ditatoriais que estão no poder a mais de 50 anos estão ocorrendo ao mesmo tempo. Governos ditatoriais além de tacar pedras, cacetetes e tiros nos manifestantes, estão cortando o acesso à Internet, isso para que o mundo não saiba em tempo real sobre as atrocidades que ocorrem por lá para manter estes semi-deuses no poder.

Várias empresas de tecnologia desenvolveram outras formas de comunicação para a população destes países possam contar as atrocidades que estão acontecendo por lá. A Google fez isso e o Twitter. Resta saber se isso vai virar um moda. Começou uma manifestação, desliga logo o roteador de borda.

Egito fez isso e agora é a vez da Líbia, quem será o próximo ?!