O php5-fpm é um dos melhores gerenciados de recursos e de processos para PHP que conheço. Ele possui uma série de parâmetros e possíveis configurações, quem bem feitos, servem para qualquer situação.

Soma-se a ele o cache que o php-apc faz, e vc terá um ambiente performático e preparado para suportar um série de ataques web, inclusive DDoS layer 7 – seguindo o modelo de camada osi – mas não podemos esquecer que ainda teremos a necessidade da implementação de Waf – web application firewall, para casos onde o seu ambiente web php necessite de um maior nível de segurança.

Eu particularmente não vejo a possibilidade de existir um portal/site/blog, baseado em PHP, sem utilizar estes recursos, PHP5-FPM + PHP-APC, já que um simples ab (apache benchmark) para url certa poderá sobrecarregar o php, e consequentemente, o servidor que ele fica hospedado.

Sendo bem sincero, eu já iniciei o processo de migração do coruja de ti para um dos meus servidores. Quero testar algumas ideias que tenho quanto a performance web,  e com isso, provar que a kinghost, provedor de hospedagem do meu blog, está vacilando e feio quanto as configurações de PHP e Varnish que eles utilizam.

Vcs ficarão sabendo das cenas dos próximos capítulos.