Encontrei nesse último fim de semana com três amigos que juntos trabalham há mais de 4 décadas com TI , eles me contaram dos seus projetos pessoais e profissionais. O que me chamou a atenção foi o cancelamento de alguns projetos opensource em algumas empresas devido a 3 fatores:

  • Falta de conhecimento técnico para implementação do projeto ou sistema.
  • Erro no dimensionamento da infraestrutura montada para suporta.
  • Medo quando a possível falta de suporte em caso de problemas.

O terceiro fator foi o que me deixou mais intrigado, ainda há executivos com medo de implementar soluções OpenSource nas suas empresas pois não há uma empresa por trás do produto para culpar ?

Por incrível que pareça a resposta é sim, o mais interessante é que nesses mais de 11 anos em TI, eu já vivenciei coisas do tipo: Comprar o HTTPDServer da IBM ou da Oracle que são 99% baseados no HTTPD da Apache Fundation porque é by IBM ou by Oracle, dai em caso de problemas, a empresa abrirá um chamado no gigante vermelho ou no gigante azul. E digo-lhes que a solução em mais de 90% dos casos foi encontrada por um analista pesquisando no velho conhecido Google ou simplesmente, lendo os logs.

Monitoração é uma das áreas em TI que mais utilizam soluções OpenSource, seja pelo sistema operacional que irá suportar o ambiente, o software de monitoração e os plugins que serão utilizadas para coletar informações e gerar métricas para serem analisadas. Eu tive o prazer de implementar soluções complexas de monitoração utilizando soluções 100% opensource, na grande maioria dos casos utilizamos Nagios + Cacti, é incrível a quantidade de plugins e templates que ambas as soluções possuem, os fóruns, com novas dicas e templates são atualizados diariamente e qualquer dúvida que você colocar lá é respondida em no máximo 24 horas.

Já me deparei com o caso de ter que remover um sistema de monitoramento por completo de um ambiente porque o meu diretor quis implementar uma solução paga, solução essa que na época além de ser muito cara, não possuía uma série de features e agentes preparados para monitorar todo o ambiente, no final ficamos com uma monitoração que não funcionava.

Soluções de monitoração freeware demoram menos tempo para serem instaladas, configuras e colocadas em produção do que sistemas pagos. Eu demorei 3 dias para incluir a monitoração de uma rede com mais de 400 objetos utilizando Nagios do que com em um projeto pago, que só para instalar os softwares nos servidores foram necessários 3 dias, fora os patches de correção que levaram mais alguns dias para funcionarem. #maxfail 🙂

Grandes empresas de serviços de outsourcing tem na utilização de soluções opensource  uma forma de baratearem custos e seus preços, tornando-se mais competitivas e atraentes para os seus clientes, mas para isso, basta as empresas fazerem uma simples coisa, capacitar os seus profissionais, há duas formas para isso :

  • Contratando profissionais com experiência
  • Treinando os profissionais que já atuam na empresa com cursos ou na compra de livros

Poucas empresas no Brasil partem para segunda forma, eu sei de alguns casos como na Locaweb e na Google, mas a grande maioria das empresas partem para a primeira forma, contatar profissionais do mercado.

O Brasil precisa evoluir e rápido quanto a utilização de tecnologia opensource, precisamos participar ativamente no desenvolvimento de produtos e serviços que agreguem valor e que deem notoriedade a capacidade que o brasileiro tem.

Diretores e Gerentes de TI, parem de ter medo da tecnologia, ela veio para facilitar a sua vida e a dos que trabalham com vocês.