É incrível a quantidade de críticas de jornalistas conceituados e respeitados quanto aos blogs, até parece a nova cruzada: “Os blogs e os blogueiros são maus, matem todos”. Nesse último ano eu vi uma quantidade incrível de críticas e perguntas do tipo: “Os blogueiros fizeram faculdade jornalismo ? Se não, eles não tem a capacidade de escrever para o público, nós jornalistas sim.”

Isso é um absurdo que vem ocorrendo no Brasil cada vez mais, exemplo disso foi a frase ridícula dita pelo Diego Mainardi no programa Manhattan Connection deste último Domingo, 20/12, ele disse: É o cúmulo do narcismo pessoas escreverem de graça, sem receber por isso e com a pretensão de achar que outras pessoas estão interessada em saber o que elas pensam. Acho que ninguém falou ao Sr. Diogo Mainardi que os seus comentários sobre futebol e Copa do Mundo na Rádio Jovem Pan foram péssimos, ao ponto do meu sobrinho de 10 anos falar melhor do que ele sobre o assunto. E olha que tivemos uma série de blogs escrevendo excelentes matérias sobre o assunto, isso graças a pessoas que amam o futebol e pelo menos entendem do que estão falando.

Eu comecei a escrever em um blog pelo simples fato de ter observado que jovens profissionais no Brasil não possuem um canal de comunicação, tanto para perguntas quanto para respostas sobre segurança, cloud computing e virtualização, estou falando do dia a dia de grandes empresas, isso porque lemos sempre o lançamento de uma nova tecnologia ou produto, mas não quer dizer que a IBM, TIVIT, HP ou qualquer outra grande empresa de TI irá empregá-la em suas operações e com isso, contratar ou treinar profissionais para deter tal conhecimento.

Eu sou um crítico feroz àqueles que escrevem sobre TI e não sabem nada sobre o assunto, não precisa fazer uma faculdade ou curso para escrever sobre firewall, mas a pessoa precisa deter conhecimentos técnicos básicos para não proporcionar ao leitor um texto extenso, mas sem detalhes importantes ou até mesmo franco de informação. Se não sabe sobre o assunto, então não escreva.

Convenhamos que jornalista tem a mania de achar que sabe tudo, ele é jornalista, controla a informação, como ela é escrita e levada ao público. Claro que temos os bons e os maus profissionais, mas fico impressionado com a quantidade de jornalistas falando mal de blogs. Se fosse tão ruim assim as grandes editoras, jornais e portais de notícias não estariam recrutando blogueiros e até mesmo, montando os seus próprios blogs. O blog é a forma mais rápida e barata da pessoa ter acesso a uma informação.

O mercado está presenciando a transformação da distribuição da informação, IPADs, celulares e Internet estão fazendo grandes publicações perderem mais da metade de seus asisinates, vejam o que aconteceu com a revista Time, Newsweek e o Jornal The New York Times. Os seus novos proprietários começaram a investir milhões de dólares para que seus produtos se popularizassem utilizando a Internet e devido a queda das vendas, vários jornalistas perderam os seus empregos, a mídia está velha, as pessoas querem coisa nova, atual e rápida e que não sujem as mãos.

Percebo que o jornalista está com medo de perder o emprego, mas esperai, ninguém avisou para ele que em 5 ou 10 anos ele ficará desempregado caso ele não se aperfeiçoe. O jornalista ainda acha que haverá a distribuição de revistas, jornais e livros na quantidade que é feita hoje. Há 5 anos havia o dobre de assinantes de uma revista, Time por exemplo, hoje há mais de 100 milhões de usuários lendo o que é escrito no Twitter e 550 milhões no Facebook, ferramentas essas de mídia social que possuem um crescimento anual de mais de 30%, precisa provar mais alguma coisa ?