São vários os profissionais de TI que reclamam de seus atuais empregos, devido a má remuneração, falta de reconhecimento do chefe e de seus pares e más condições de trabalho.

O que eu sempre aconselho para estes profissionais é conversar antes de tudo com o chefe ou supervisor direto, solicitar um feedback do seu trabalho, o que o profissional precisa melhorar e por fim, um aumento.

Caso o feedback tenha sido negativo e o seu aumento recusado, está na hora do profissional retomar os estudos, buscando assim melhorar a sua carreira e o seu salário. TI é uma das poucas áreas que não fazem distinção de idade, pois qualquer um, com conhecimento técnico, pode ocupar um vaga de trabalho. O interessante é que vários profissionais da área sabem disso, mas acabam se acomodando em uma determinada empresa ou função.

O importante é o constante aperfeiçoamento, seja ele com cursos, certificações ou títulos acadêmicos, mas cuidado, busque-os de forma coordenada e que tenham haver com a sua função, casando-os com as necessidades da empresa, exemplo: Certificações Juniper ou Cisco para aqueles que trabalham com redes, Oracle/SUN java para aqueles que trabalham com desenvolvimento e iso27002 para aqueles que trabalham com segurança e auditoria.

Trabalhamos com tecnologia e inovação, nada mais justo do que sermos avaliados pela nossa capacidade de aprimorante e atualização profissional.