Todo mundo que viaja para os EUA ficou receoso ao saber que a Receita Federal correlacionará uma série de dados de viajantes, com o objetivo de mapear aqueles que “possivelmente” gastaram mais do que o permitido, os míseros “US$ 500.00”.

É o Big Data sendo implementado pelo governo, com objetivo de apontar os possíveis sonegadores na fila de entrada da alfândega nos aeroportos internacionais

Mas me digam uma coisa, isso não é um exagero ?

Será que esta tecnologia não poderia ser utilizada para outros fins, como por exemplo descobrir quais escolas e universidades precisam de mais recursos financeiros para os seus projetos ?

Imaginem a implementação desta tecnologia nos hospitais, tanto federais como os municipais ?

Infelizmente o nosso governo prefere implementar o Big Data junto a população que aproveita um tempo livre para viajar e fazer algumas compras, por um preço mais justo.

Vc’s sabiam que a CVM conta com 10 cablocos para fiscalizar toda a movimentação de ações que ocorre na Bovespa, e que até hoje, não conseguiram implementar o sistema que trabalha com o Big Data para fazer este trabalho, diminuindo e muito a incidência de possíveis EBXs ou Mundial da vida ?

Eu realmente moro em um circo.

Atualização: Bem que se o Serpro ficar responsável por desenvolver e implementar esta tecnologia, nós já sabemos o fim desta história, não é mesmo ? hehehe