Há um mês eu fiz um post sobre o roubo do tráfego Internet pelos chineses, na época, foi levantando que cerca de 37.000 roteadores tiveram o seu trafego internet redirecionado para roteadores hospedados na China, falávamos de 10% de todo o tráfego Internet.

Após quase um mês, o governo americano apresentou um relatório na comissão dos EUA e China de Economia e segurança informando que na verdade foram 40.000 roteadores que tiverem o seu tráfego internet redirecionado para os roteadores chineses, cerca de 15% de todo o tráfego internet, este hijacking ou roubo durou 18 minutos no dia 8 de Abril de 2010. Estimasse que haja mais ou menos 340.000 roteadores espalhados pelo mundo para cuidar do tráfego internet.

Há dois problemas na notícia reportada acima:

  • Foi feito um alarde tremendo referente ao roubo do tráfego Internet por vários meios de comunicação, no mundo todo. A CNN falou no seu principal jornal, mas sem explicar se esse roubo afetou transações ou dados da população mundial. Na verdade, entre 1% ou 2% do tráfego Internet dos EUA estavam no bolo dos 15%, mas ninguém mencionou isso . 🙂
  • Isso aconteceu há 6 meses e o povo agora começou a fazer um tremendo alarde quanto a essa informação porque o governo americano apresentou um relatório, não muito técnico e sem explicações do ocorrido.

Uma série de veículos de comunicação que não entendem nada de roteadores e tráfego internet estão alardeando para todos os lados algo que ocorreu há 6 meses, mas sem explicar para a população, 99% da massa global que não entende nada de TI, o que isso afeta, por que isso aconteceu e o mais importante, como evitar esse tipo de problema. Ninguém em momento algum entrevistou algum especialista ou profissional da área de redes de grandes redes para pegar mais detalhes técnicos, simplesmente jogou a notícia no ventilador e deixou espalhar.

Outro problema, todos os especialistas e profissionais da área acreditam que o grande roubo da Internet feito pelos chineses foi um acidente, alguém configurou alguma coisa errada no roteamento BGP, e depois de 18 minutos, resolveu o problema. Esse tipo de problema, configuração de rotas BGP não é frequente, mas acontece.

O gráfico abaixo demonstra quais países tiveram o seu tráfego internet afetado:

A Internet não é segura, mas é preciso analisar os dados e averiguar o que de fato aconteceu, antes de sair falando por ai e causando uma preocupação generalizada e desnecessária. A informação quanto ao roubo do tráfego é sério, mas não a ponto de todo mundo ficar com um tremendo medo.

Mais detalhes técnicos quanto ao problema ocorrido em 8 de Abril poderão ser analisados no seguinte post.