Anchises possui um bom e informativo blog sobre segurança da informação, mesmo eu não concordando com algumas de suas atitudes, eu o respeito.

Hoje, li um dos seus posts sobre leak de informações, e como isso ocorreu no H2HC, um dos mais antigos e respeitados eventos de segurança do país.

Daí, como sempre, vieram uma série de perguntas em minha cabeça.

Uma delas foi, “será que a organização e/ou staffs do H2HC não estavam cientes de tais ataques ou pior, será que eles não foram os responsáveis ?”

Pois bem, a resposta está logo abaixo…

****Atualização****

As imagens abaixo foram removidas depois que a pessoa entrou em contato comigo e garantiu que não faz parte de tal grupo.

Outros pensamentos vieram, eu podendo estar errado quanto a tudo isso..

Será que a organização de eventos está isenta de tal tipo de atitude, a de querer trollar ou sacanear profissionais da área?

Será que outros eventos que ocorrem pelo Brasil, contendo organizadores usuários de drogas, mas que tentam ajudar a criançada com oficinais hackers e tudo mais, não possuem uma parcela de culpa, mesmo dando like em pessoas que são investigadas pela polícia?

Anchises escreveu no final do post sobre o ataque que o meu blog sofreu o seguinte… “Infelizmente, o ataque ao blog do Coruja de TI mostra que o pessoal do Pr0j3ct M4yh3m não mudou nada neste tempo todo, desde 2007: continuam imaturos, invejosos e não tem coragem de mostrar a cara….”

Editado, depois que a pessoa entrou em contato comigo e disse que não faz parte de tal grupo.

Parte do mercado de segurança da informação brasileiro é isso aí que vocês lendo e vendo, sujo e repleto de atores, bons moços e puxa-sacos, pois têm medo de não conseguirem bons empregos, já que não são amigos dos amigos ou não fazem parte da panelinha, mas que quando possuem a oportunidade de sacanear e ridicularizar as pessoas, não medem esforços e consequências de seus atos, tudo para ganharem audiência.

NOTA: Assumo que posts antigos foram feitos sem pensar, sem ter parcimônia ou análise das consequências. Hoje, eu vejo que errei e pago por isso. Se isso aconteceu com você, bem-vindo ao clube, peça desculpas e vamos evoluir.

Engraçado que lembro-me, em uma edição do YSTS, que o Rodrigo, não sei o segundo nome, mas lembro que já apareceu na TV falando sobre hacking, ter dito que eu era anti-ético. PQP, se eu sou anti-ético, então imaginem o que pessoal do começo deste post deve ser…

E para fechar..

Alligator – O evento mais underground do Brasil.

Carlos Cabral escreveu que você só participa se for convidado, além de ser muito divertido e engraçado.. Que bacana, não é mesmo ??

Então você é convidado para participar de um evento que é organizado no nordeste brasileiro, onde você é obrigado a gastar  R$ 2.000,00 ou mais, com passagem área, alimentação e estadia, já que isso fica por sua conta, correto ?

Sendo assim, você é partidário das ideias e do mantra que o pessoal do Alligator propaga por aí.

Sim, estou afirmando isso, pq ninguém é estúpido, mongol ou idiota o bastante para participar de um evento destes e depois falar que não tem nada haver com o que os caras falam ou pregam por aí.

Pois bem, no site que fala a respeito  do evento deste ano, veio a informação que eles, os organizadores, adoraram o fato de eu ter sido agredido por 5 seguranças da Campus-Party (medidas legais já estão sendo tomadas, onde há boletim de ocorrência e uma campanha para novos vídeos sobre o fato serem divulgados), sem ter a capacidade de me defender e reagir. Um UFC, como dito na palavra deles.

E vejam, para a minha total e completa surpresa, fotos de alguns dos participantes e palestrantes, deste divertido e engraçado evento, foram divulgadas nas principais redes sociais deste país.

O fodo é que eu indicava o trabalho da empresa do cara por aí.

Pois é, aonde estamos vivendo e trabalhando, hein…?

P.S.: Fotos e nome da pessoa que divulgou o material da Alligator não foram publicados por respeito a sua família e seus parceiros de negócios, que são sérios e me ligaram sobre o ocorrido na Campus.