Muitos profissionais da área de TI, principalmente os focados em segurança, ficaram órfão depois que o projeto TrueCrypt simplesmente parou.

Propagadores de teorias da conspiração dizem que tudo isso foi por causa da NSA. Já outros afirma que alguns dos mantenedores do projeto. Para mim, o que importa é que um dos melhores softwares para criptografia de arquivos não existe mais.

Depois de tanto procurar e não encontrar nada, que feto, pudesse substituir o TrueCrypt, um ávido leitor do blog acabou me indicando o VeraCrypt, que nada mais é que um “fork”do TrueCrypt, mas sem alguns bugs, já conhecidos por muitos, que vinham com ele.

Vejam que a imagem abaixo demonstra que o VeraCrypt segue com a mesma linha de design e interface que o seu pai.

Para o quem trabalha com Mac, como é o meu caso, o VeraCrypt possui como pré-req a necessidade que usuário instale o OSXFUSE, o qual poderá ser encontrado facilmente a partir do seguinte link, e não esqueça de ativar a compatibilidade com o MacFuse. Detalhe, vc precisará realizar o restart do seu Mac logo após o término da instalação do OSXFUSE. 🙁

Eu realizei alguns testes e posso dizer que é muito bom. Todas as opções e configurações de criptografia do TrueCrypt vêm no VeraCrypt.

Como digo “A criptografia é uma extensão da minha privacidade, limitando assim o acesso ao entendimento do conteúdo que ele guarda.”

Uma coisa importante sobre o VeraCrypt e o TrueCrypt é que VeraCrypt storage format is INCOMPATIBLE with TrueCrypt format.

Atualização: o código fonte do Veracrypt está disponível na seguinte URL. Não sei, até o momento, se esta ferramenta passou por alguma auditoria. Tudo o que eu sei que ele vem substituindo o truecrypt e muito bem.