O amigo @castrezana me enviou uma daquelas mensagens via twitter para fazer algo, e já. Era para encontrar o filme We are Legion: The Story of the Hacktivists

Poster do We Are Legion: The Story of the Hacktivists

Fiz o download e o assisti de cabo à rabo. Foi complicado devido ao distúrbio que possui para absorver informação de forma visual. Papo para outro post, e o amigo @castrezana sabe muito bem como é.. 🙂

Pois bem, o filme, ou melhor o documentário, é sobre a história do anonymous e seus atos. O diretor entrevistou dezenas de pessoas, que de alguma forma, fazem parte do coletivo anonymous, seja apoiando ou repudiando.  Uma série de tomadas externas, explicações sobre os seus atos e o que os motivaram foram apresentados. Achei fantástica a edição e encadeação dos fatos e das operações do anonymous — ficou muito bom.

Eu acredito que o verdadeiro objetivo do anonymous seja demonstrar ao mundo que governos e as grandes corporações tentam nos controlar. Nos privando de informações e tudo mais que possa ser danoso para eles. Como se aprende em filosofia e sociologia – seres humanos reunidos não pensam como um coletivo, mas agem como se fossem um.

O anonymous presa o pensamento e a ação coletiva. Interessante, não ?

– Nota deste bloqueiro – Achei um erro a tentavia de se explicar o quer dizer o termo hacker — isso já foi tão difuldindo no mundo, e a wikipédia possui a melhor definição de todas.

Poucas pessoas sabem, mas os movimentos e protestos executados pelo anonymous não é coisa de 2 anos para cá, mas sim de 5 ou até mesmo 8 anos. Acontece que não havia tanta divulgação devido a não existência das redes sociais. Meio de comunicação responsável pela rápida e fácil disseminação da informação.

A exposição de atos, pessoas contrárias a governos e corporações se tornou uma coisa comum em nosso cotidiano, e vocês sabem o porquê ? Anonimato. Como eu disse uma vez – Todo mundo é bonito, inteligente e rico atrás de um computador. O Anonynous sabe muito bem o poder que isso pode dar as pessoas.

Achei bem legal a parte em que o documentário apresenta o caso de alguns dos membros do anonymoys que foram multados e presos. As suas famílias tendo que vender suas casas para bancar as cagadas de seus filhos, ou melhor, os seus ideais. Uma mãe disse que apoia e tem orgulho do seu filho e dos seus ideias, mas ao mesmo tempo ela pergunta – valeu a pena ? Vemos pela cara do ex-membro do anonymous que não.

Wikileaks e seu fundador são bem abordados no documentário. Ele explica o surgimento do site e seus ideias, mas também coloca um ponto importante “será que todas as informações divulgadas são verdadeiras, e os envolvidos e seus familiares não estarão em perigo ?”

Well — quer saber mais sobre o que é e o que o anonymous defende ? Então faça o download do documentário a partir do seguinte link.

 

Atualização:

O seguinte link possui a lista com os ips utilizados pelos tribunais regionais de cada estado para o recebimento dos dados para apuração das eleições 2012. Esses dados foram coletados graças a seguinte ferramenta, para ninguém falar besteira pro aí.. 🙂