Acabou de sair a consolidação dos dados sobre a Internet referente ao ano de 2010, a Netcraft, como sempre, apresenta excelentes dados.

Vamos aso dados:

  • Há neste momento um pouco mais de 255 milhões de WebSites, onde eles são responsáveis por suportar bilhões de páginas.
  • Houve um crescimento de um pouco mais de 9% referente a quantidade de websites publicados se compararmos 2010 com 2009, isso que dizer mais de 21 milhões de novos web sites no ano de 2010.

Temos um grande surpresa neste ano, o Google era o terceiro lugar quando falávamos de servidores Web, mas ele foi passado pelo Nginx, um httpd server criado por um russo e que é base para 90% dos blogs que utilizam drupal ou wordpress.

O Nginx é sinônimo de performance quando falamos de Web, chegando a ter um performance 400% superior a um apache se ele estiver rodando em conjunto com o Memcached.

Continuando com os dados:

  • O Apache continua como líder quando falamos de web servers, tanto é que que a própria Microsoft já assumiu publicamente que o utiliza em seus sites, são quase 152 milhões de sites suportados pelo velho índio.
  • Em segundo lugar vem o IIS da querida e amada Microsoft
  • E em terceiro lugar, o cavalo russo, Nginx que irá roubar muitos usuários do apache e do IIS ainda neste ano.

Vejam que o Lighttpd vem como lanterna, mas venhamos e convenhamos, lanterna com 1.3 milhões de usuários é bastante coisa.

Para aqueles que desejam saber mais sobre o Nginx e o Lighttpd, deem um passada no Wowebooks, lá tem alguns livros sobre estes dois corredores.

Mas por que o Apache possui tantos adeptos?

Isso é devido a sua incrível quantidade de módulos. Há livros que explicam como criar utilizando C ou Perl passo a passo o processo de criação de módulos para o velho índio. Porém o Nginx vem ganhando bastante mercado já que uma série de desenvolvedores vêm migrando alguns módulos do Apache para ele.

Vocês acreditam que ainda há empresas que não acreditam na capacidade dos webservers opensources ? Essas empresas ainda utilizam IIS e outras soluções pagas de HTTP server pelo simples fato de poder ter uma empresa para reclamar e ter o suporte.