Teoria da conspiração, área 51, Arquivo X, e muito mais, tudo isso tinha um sujeito: Os segredos até então bem guardados dos EUA. Desde da década de 50 é ouvido falar que os EUA possuem órgãos governamentais especializados em criar e guardar segredo. Quem não se lembra da NSA, um órgão governamental que foi negado durante anos.

Tudo que rolava nas revistas, jornais e internet era tido como especulação, criação da mídia e imaginação, até que em 2007 surgiu o Wikileaks, um site/blog que tem como objetivo tornar públicos os documentos secretos do governo dos EUA, e isso meus amigos eles fazem muito bem, tanto que na última leva de documentos liberados ao público, cerca de 250.000, o governo americano anunciou uma série de médias para assegurar os seus órgãos de segurança, diplomacia e documentos, mas vocês acham que estas medidas irão ajudar em algo?!

O wikileaks está demonstrando simplesmente como o governo dos EUA joga sujo, muito sujo,  e isso a partir de documentos oficiais. A saia justa gerada ao governo dos EUA é tão grande que já acusaram o criador do Wikileaks, Julian Assange, de estupro na Suíça, várias revistas e empresas a favor de Julian disseram que isso é uma descarada e forjada mentira, tudo para tentar desmoralizar o seu trabalho. O fato é: em hipótese alguma ele poderá colocar os seus pés em território americano.

Falando um pouco do mundo cibernético, o Wikileaks apresentou documentos que dizem que os ataques sofridos por mais de 20 empresas via Internet, incluindo a Google, foram orquestrados pelo governo Chinês, tudo para demonstrar o seu poder de fogo e a procura de informações de ativistas dos direitos humanos, a empresa mais afetada por estes ataques foi a Google e em destaque o seu sistema de email gratuito, Gmail. Tudo porque a Google como outras empresas sediadas nos EUA são obrigadas a fornecer backdoors aos órgãos americanos para “análises” sem aviso algum, tudo em prol da segurança do povo dos EUA. Acontece que os chineses descobriram e utilizaram isso como vulnerabilidade, roubando uma série de dados. Legal né !?

O mais interessante disso tudo é que um Hacker informou que foi o autor de um ataque DDoS dirigido ao Wikileaks, causando uma lentidão e que deixo o site fora do ar por alguns instantes. O gráfico abaixo demonstra o início do ataque:

O que chama mais atenção é o poder de fogo deste ataque, de 2Gbps até 4Gbps, como uma única pessoa conseguiu tanta largura de banda para proporcionar um ataque desses ?! Sabemos que há banda internet de alta velocidade nos EUA, mas um ataque de 2Gbps à 4Gbps  é muita coisa, um grupo no caso, bem municiado (exploits bem feitos como o do Nelson) e com acesso a redes de alta velocidade como operadores de Telecom teria esse poder de fogo sem problemas. Mas um único Hacker, o cara é muito bom em!

O twitter deste hacker é o @th3j35t3r

Acredito que logo teremos mais informações quanto a este ataque direcionado ao Wikileaks.