O xvideos, o youtube pornográfico, é responsável por mais de 15% de todo o tráfego internet. Este número aumenta e muito em países como EUA e até mesmo no Brasil.

Sites de conteúdo adulto vivem do embedded do xvideos. Possuem sistemas de buscas focados em palavras chaves como novidades, amadores, caiu na net e assim por diante. Motivo ? Audiência, muita audiência. Lembrando que muita audiência na internet gera $$$$$$…

Estima-se que sites como salaespecial.com fature R$ 10.000,00 por mês só com links patrocinados, claro que focados no público adulto.

Porém, há alguns semanas, os principais sites “chupadores” de conteúdo do xvideos vêm passando por um abrupta queda de sua audiência. Isso porque o seu repositório de conteúdo adulto vem apresentando resultados nulos em suas buscas. Exemplo: http://www.xvideos.com/?k=novinha

Há alguns casos em que a busca traz 5 ou 6 vídeos, bem diferente do que acontecia há 1 semana e meia atrás.

Fica a seguinte pergunta no ar da putaria “será que o xvideos está passando por problemas ou ele está reformulando o seu sistema de busca, para que com isso, gere mais receita para o bolso de seus administradores ?”

O xvideos já foi vitrine de lançamento para os maiores filmes pornográficos do mundo, como o filme amador da Kim Kardashian (ela ganhou US$ 3 milhões pelo filme)