Faz mais de 36 horas que vários serviços hospedados na solução de Cloud Computing da Amazon, EC2, estão fora do ar. A Amazon ainda não explicou, formalmente, o que aconteceu, mas há duas especulações, ambas focadas em problemas com a rede:

  • A Amazon teve um sério problema de comunicação de dados no site Northern Virginia, um dos primeiros e maiores, onde houve um sério problema no seu serviço Elastic Block Store, o EBS.
  • Outros dizem que a Amazon sofreu um ciberataque e o mesmo foi bem sucedido, mas essa hipótese é bem questionável, mas não é impossível.

O problema está no fato que a Amazon possuía, até então, a fama de um serviço impecável, infalível, garantindo um SLA dos sonhos, 99,99999%. Mas agora, este SLA está abaixo dos 99,3%, vejam no Link.

Os concorrentes estão preparando uma avalanche de comerciais, folders e propagandas falando deste erro lamentável, mas eles devem tomar cuidado com a dispersão do veneno, pois eles, um dia, sofrerão do mesmo problema. Não é uma previsão, mas sim um fato, isso porque as empresas não possuem um planejamento de crescimento, principalmente quando a demanda aumenta em mais de 200% por mês.

Nos resta o aprendizado e o relatório post-mortem da Amazon, mas um coisa ficou bem clara para todos, o velho ditado de nossos avós deve ser seguido: Nunca coloque todos os ovos em um único cesto.

Compartilhar:

Este post tem 3 comentários

  1. O Amazon EC2 é um serviço fantástico. Mas todos sabemos que não existe imunidade total contra falhas.

    Ossos do ofício de quem trabalha em TI.

    Nós aqui estamos com indisponibilidade em um serviço que mantemos com eles, mas por dispersarmos as coisas por mais de um fornecedor, não tivemos uma catástrofe.

    Nuvem é o futuro, mas todos devem saber que perfeição não existe.

  2. Fica dica pra quem planeja deploys na “núvem”, cuidar da redundância ainda é tarefa da empresa e não de quem fornece a infra.

  3. Em falar nisso, a PSN só pode estar hospedada na Amazon.. pqp…

Deixe uma resposta

Fechar Menu