Recebi um email de um leitor solicitando que eu escrevesse sobre os Hackers russos, considerados por muitos os melhores hackers do planeta, discordo quanto a essa afirmação. Se pensarmos em celeiros Hackers nos dias de hoje temos os seguintes países: China, Irã, Ucrânia, Bulgária, Brasil, EUA e Rússia.

Vejam que os países que possuem menos leis contra crimes virtuais possuem mais hackers, já que hackers e crackers têm como testar os seus conhecimentos e as usas ferramentas.

Agora é bom falar que há vários tipos de hacker, em geral temos três tipos:

  • Desenvolvedores – aquele que cria o seus programas baseados em uma vulnerabilidade encontrada em um determinado sistema. Demora bastante até um hacker chegar neste nível, são anos de estudo ou o cara já possui um dom para isso. Ele sabe analisar muito bem códigos e encontrar erros, coisa que leva tempo para grande maioria dos desenvolvedores
  • Pentest – aquele que utiliza ferramentas prontos como  o Metasploit, Back|Track e outras. Ele possui grandes conhecimentos em sistemas operacionais e redes, mas poucos conhecimentos de programação.
  • engenharia social – aquele que consegue correr atrás de uma informação, dado ou senha e depois a utiliza, conseguindo invadir bancos e sistemas.

O brasileiro é conhecido mundialmente por possuir excelentes programadores e engenheiros sociais, não é a toa que somos líderes mundias em fraudes bancárias, e olha que o SPB (Sistema de Pagamentos Brasileiro) é tido como um dos mais seguros do mundo. Há sempre alguém mais esperto do que eles. 🙂

O indiano levou a fama de ser um dos melhores programadores do mundo, mas quando ele se depara com o brasileiro, a coisa muda de figura. O indiano segue um roteiro/script para criação de um programa, mas é pouco astuto, ele não tem a capacidade que o brasileiro possui de dar um jeitinho para chegar mais rápido no produto final.

Posso-lhes afirmar com experiência de alguns anos morando fora do Brasil e de lidar até hoje com indianos quee brasileiros chegam mais rápido em uma solução, não importa como. Não é uma crítica, mas sim um fato. Eu acredito que o Brasil possua os melhores profissionais de segurança do planeta, somos um povo capaz de aprender e superar os nossos problemas de forma rápida e criativa.

Falando sobre estudos de segurança da informação, é importante frisar que para se trabalhar com segurança não é preciso ter grandes conhecimentos em programação, você poderá atuar em diferentes áreas, mas o importante nisso é focar e estudar. Não se esqueçam, hoje é possível realizar uma série de estudos com um único computador, basta rodar algumas máquinas virtuais.

Compartilhar:

Este post tem 18 comentários

  1. “…ele não tem a capacidade que o brasileiro possui de dar um jeitinho para chegar mais rápido no produto final.”

    Sempre o jeitinho brasileiro.

    O brasileiro é criativo, vejo isso como a principal diferença para os gringos.

  2. Valeu Gustavo pelo post ! Realmente respondeu minha dúvida sobre isso. Você deveria abrir uma escola de computação online…. Posso ver que você tem muita experiência profissional. Queria aprender com você e queria receber dicas o que devo estudar para ser um expert em computação… Você é Fera

  3. Hum,

    Excelente post, não esperava muito de Irã, Ucrânia e Bulgária me surpreendeu! Muito bom.

    abraço cara.

  4. Vc citou algo importante nesse artigo Gustavo: PROGRAMAÇÃO.

    Realmente não é preciso o kra sacar a fundo de programação para entrar na área de teste de intrusão e pentest?

    É lógico, uma noção básica de algoritmo e de programação, na minha opinião, todo profissional de TI deve ter…nem que seja para programar um script de Rede.

    Agora, um kra que não é desenvolvedor pode ser um bom pentester????

    Muito obrigado. Abs !

  5. Aroldo, vc falou uma coisa importante.. vou pesquisar com algumas amigos e te respondo.. .

  6. Obrigado Gustavo !

    Vou aguardar ! Um abraço !

  7. Olá Gustavo…td bom?

    Chegou a alguma conclusão sobre essa questão? rs

  8. sim.. em JAVA, o Javanês fala e escreve JAVA..

  9. Olá Gustavo!

    Estou surpresa Irã, Ucrânia e Bulgaria foram citadas mais e o Japão?? …

  10. Boa pergunta, dizem que os japoneses possuem um bom exército de especialistas de segurança e os seus esforços são concentrados em combater ameças vindas da China e da Coreia do Sul. Já rolaram alguns boatos sobre ataques partindo do Japão, mas nada confirmado até hoje.

  11. zunckenberg ele é um hacker de que nivel? omo vc lassificaria ele?

  12. a india bem que poderia estar incluida nesta lista ‘_’

  13. Se os brazucas estão tão fodásticos assim, entao onde está ou há um:

    Grande programador brasileiro, e sua empresa faturando milhões com seus trabalhos dos mais simples aos mais complexos ? .. não não .. com menos exagero .. Um ..: apenas um prgramador brasileiro milionário ?

    Qual ? .. Onde ?

  14. Gostei do que li. bom queria dizer b que pelo fato do brasileiro ser um tremendo preguiçoso ele usa isso com um lado positivo, achar a forma q vai dar menos trabalho e será mais rapido meio pra entregrar a soluçao srsrsrsrs abraços

  15. fale sobre um programador famoso no brasil pelo menos um

  16. Os caras mais fodas são do Brasil, houve brasileiros que ajudaram em projetos grandes como Facebook,Linkedin,Multics (computador dos anos de 1964) que se tornou depois o Unix conheço diversos caras daqui mesmo feras em programação que conseguem descobrir falhas rapidamente em scripts com mais de 800 linhas.

    Japão tambem é excelente tem diversos hackers excelentes.

  17. Onde fica a melhor escola de hackers no Brasil?

  18. Mano os hackers russos são os melhores hackers. Eles estão em um nível muito superior aos hackers brasileiros o Brazil não tem nenhuma chance contra a Rússia quando o quesito é hacking

Deixe uma resposta

Fechar Menu