Sou um apaixonado por performance web e linux. Trabalho analisando uma série de parâmetros graças a ferramentas como nmon, perf, iotop, htop, top, vmstat dtrace e ss, e mais algumas já comentadas e indicadas em posts neste blog.

Há alguns meses venho trabalhando com uma ferramenta em particular chamada atop, a qual está disponível nos repositórios do CentOS e do ubuntu.

A instalação no ubuntu é simples, basta executar sudo apt-get install atop

Simples de instalar e utilizar como qualquer outra ferramenta, mas com um diferencial bem importante, a quantidade de informações em uma única tela que ela apresenta.

Vejam na imagem abaixo:

Screen Shot 2014-01-10 at 2.29.57 PM

Rodando a ferramenta e pressionando as teclas p, c ou m, vc terá acesso à uma série de interessantes informações sobre o seu servidor Linux.

Vejam algumas das suas opções de comandos:

-a show or log all processes (i.s.o. active processes only)
-P generate parseable output for specified label(s)
-L alternate line length (default 80) in case of non-screen output
-f show fixed number of lines with system-statistics
-l show limited number of lines for certain resources
-1 show average-per-second i.s.o. total values

-x no colors in case of high occupation
-g show general process-info (default)
-m show memory-related process-info
-d show disk-related process-info
-n show network-related process-info
-s show scheduling-related process-info
-v show various process-info (ppid, user/group, date/time)
-c show command-line per process
-o show own defined process-info
-u show cumulated process-info per user
-p show cumulated process-info per program (i.e. same name)

-C sort processes in order of cpu-consumption (default)
-M sort processes in order of memory-consumption
-D sort processes in order of disk-activity
-N sort processes in order of network-activity
-A sort processes in order of most active resource (auto mode)

specific flags for raw logfiles:
-w write raw data to file (compressed)
-r read raw data from file (compressed)
special file: y[y…] for yesterday (repeated)
-S finish atop automatically before midnight (i.s.o. #samples)
-b begin showing data from specified time
-e finish showing data after specified time

O mesmo time que desenvolveu esta ferramenta criou o netatop, um módulo de kernel para associar dados da rede do seu S.O. Linux com os processos que estão rodando no mesmo servidor.

Interessante e recomendo a instalação

O interessante é a integração destas duas ferramentas. Quando o netatop está compilado e funcionando de forma correta, basta rodar o atop e pressionar o n. Daí, o atop começa a associar as informações de rede, capturadas pelo netatop, junto com os processos linux que estão rodando na máquina.

Bem legal..

Update 1 : Obtive mais sucesso instalando o netatop no CentOS que no ubuntu.

Compartilhar:

Este post tem 2 comentários

Deixe uma resposta

Fechar Menu