Brasil é um dos líderes mundiais em pirataria de software e agora está sofrendo as consequências

Tags: , , , , ,

Moramos em um país que possui as mais altas taxas tributárias (impostos) do planeta. O jeitinho brasileiro empregado para trabalhar, declarar impostos e para criar, distribuir ou fabricar produtos piratas é reconhecido em todo o planeta. Acredito que só perdemos neste quesito para a Somália, o país pirata.

Devido aos impostos brasileiros, o software é um dos itens mais caros, restando para muitos a pirataria como solução para a atualização de seus computadores. Acontece que a pirataria abre uma porta muito perigosa, a da segurança. Como garantir a procedência de um software ou de uma atualização para ele se a fonte não é confiável ?

Já se soube de casos onde novos releases do IOS, software base para switches e roteadores Cisco, foram pirateados e dentro deles havia verdadeiros cavalos de tróia e backdoor sesperando pelas suas vítimas.

Milhares de softwares piratas são vendidos na Santa Ifigênia, em SP, todos os dias e muitos compradores já reportaram sérios problemas como perda de acesso à contas de email e até o furto de dinheiro de suas contas bancárias. Para quem eles devem reclamar quando isso acontece ?!

E infelizmente, a pirataria de software não se restringe aos lares brasileiros. Diversas empresas e órgãos públicos utilizam essa prática para burlar a velha e conhecida burocracia na hora de se adquirir um novo produto.

Quantas vezes vocês já ouviram: Não importa a procedência do software, mas sim se você possui a licença ou não para instalá-lo. Legalmente a pessoa não está errada, é necessária a licença do software e não somente a mídia, mas ela acabou de assumir um risco para toda a segurança da sua infraestrutura pois não se sabe a procedência deste recurso.

Acredito que diversos órgãos públicos brasileiros que sofreram e muito com os ataques dessa última semana não conhecem a procedência de todos os softwares instalados em seus desktops e servidores, e mais, me atrevo a dizer que se for executada uma auditoria, séria, será descoberto que boa parte de seu ambiente não está atualizado, nem com a penúltima versão do Windows, quanto mais com a últimas vacinas para o programa de anti-vírus que utilizam.

Não adianta nada ter uma certificação ISO 27001 se o Sistema Operacional foi comprado por R$ 10,00.

VEJA TAMBÉM

Coruja de TI recomenda o livro Análise de tráfego em redes TCP/IP Faz tempo que não publico nada, na verdade, mais de 1 semana. Vida atribulada. Fora isso, um dos cursos que estava ministrando teve que ser reagendado para que pudéssemos melhorar o seu conteúdo. E...
Trolls em TI Eu fico impressionado com a total falta do que fazer de diversas pessoas que tem a mania de corrigir, denigrir, discutir e trolar (nem sei se isso já verbo) os outros. Será falta do que fazer, inveja ...
Awesome Penetration Testing – A Lista de quem deseja aprender a arte do pentest Você aí, estudando até tarde, querendo dominar a arte da invasão e sem uma boa base ou site para lhe dar um norte ? Seus problemas terminaram, ou melhor, parte deles. Eis aqui uma lista com site...
COMPARTILHE ESTE ARTIGO

COMENTÁRIOS

9 comentários em “Brasil é um dos líderes mundiais em pirataria de software e agora está sofrendo as consequências

  1. Júnior

    O pior é ki muitos dos adminstradores de rede, dão essa INACREDITAVEL sugestão de colcoar um software pirata em servidores. ISSO TEM QUE MUDAR

  2. Rodrigo Bastos

    Concordo em alguns pontos.

    Mas a China, India, Rússia, com certeza tem um cenário mais escandaloso em relação a pirataria que o Brasil, que é só mais um país em desenvolvimento que tem esse problema. O Brasil é um consumidor de produtos piratas. Caso grave é a China, onde há uma política de pirataria, lá tudo eles copiam, o governo sabe e não faz nada e nem vai fazer, umas vez que é a única forma de manter empregado milhões de pessoas. A Rússia é provavelmente o país que mais quebra patente de software no mundo, falou em engenharia reversa não existe lugar melhor. O governo sabe e nada faz, nem mesmo há leis contra isso lá. A Rússia é um oasis para crackers do mundo todo. Quer criar algo errado hospeda em servidores russos, quer informação protegida por copy right, procura na Rússia. O Brasil, infelizmente é só um mero copiador de mídia. Poucos são os casos que vão além disso.

  3. Bruno

    É verdade, isso acontece também com arquivos de vídeo e música…

    Esses dias um vizinho meu veio me pedir alguns filmes e me pediu dicas pra baixar filmes..Expliquei a ele que não era tão simples visto que é pirataria e a maioria dos sites que prometem esse tipo de conteúdo de forma gratuito são suspeitos …Pra que! o cara quase me bateu falou que ele não iria revender e tudo mais que fulano de tal do gorverno rouba isso e aquilo…Enfim essa é a mentalidade de muitos infelizmente.

  4. Zoltan

    Isso é muito relativo, os valores dos softwares são absurdos e o brasileiro já é uma raça que não gosta muito das coisas certinhas.
    É discussão para dias e dias….

  5. Anônimo

    Até na Anatel onde trabalhei como estagiário era comum o uso de software pirata….

  6. Fábio

    O Brasil é uma piada, e de mal gosto. Porque preferimos pirata em vez do original? Seja lá o que for: software, dvds, bolsas, blusas, tênis etc. Simples, pelo preço!!! Como é que vou convencer o dono de uma microempresa de que ele precisa gastar uma parte considerável do seu orçamento para ter os softwares licenciados? Não é questão de QUERER, é questão de PODER fazer da maneira correta. Não pode porque o governo não quer, não ajuda, não tem interesse, não está nem aí pra paçoca! Então, “vai assim memo”.
    Mudando para o cenário dos órgãos do governo então, que ultimamente anda sofrendo vários ataques. Não é só a questão da pirataria dos softwares, tem a ver com a CONTRATAÇÃO DE MÃO DE OBRA DESQUALIFICADA. Todo mundo quer um cara de TI com CCIE, expert em Linux, domínio total em Windows Server, ITIL, com experiência em gestão de projetos, que gerencie todo o sistema de segurança via CFTV e se der pau no PABX ele tem que se virar. Esse cara não vai ser o profissional ideal porque ele quebra galho em tudo, mas não é especialista em nada. Onde estão os especialistas em segurança dessas empresas? Um especialista em segurança NUNCA vai permitir utilização de softwares piratas ou de procedência duvidosa!
    Então resumindo o caos em 3 problemas seriam: 1) a carga de impostos desmotiva a compra de softwares legais; 2) a falta de profissionais realmente especializados principalmente na área de segurança; 3) mudar a cultura do “vai assim memo”

  7. Douglas

    Você quer o que?
    Informar ao responsável(chefe ou dono) que falar assim!
    CHEFE – É muito caro, não tem como diminuir o custo?
    CHEFE – Tirar do seu salario e compra!

    ownad ;D

  8. Tiago

    Infelizmente a grande maioria dos software são piratas, e realmente vaias versões, tem graves falhas de segurança, algumas do windows XP que me deparei em 30 dias parava de funcionar e era formata o pc mesmo, por isso a mais de 3 anos uso software livre no meu notbook, e desktops e não tenho o que reclamar!

  9. Victor Nunes

    Uma dúvida que gostaria de sanar.

    Quem tornaria-se o responsável caso ocorresse uma fiscalização dentro de uma empresa e fosse descoberta software pirata? a empresa ou responsável pelaa área de TI?

    Att, Victor

DEIXAR UM COMENTÁRIO

MENU