Como as empresas estão evitando os gargalos da Internet.

Tags: , , , , , ,

Estamos em um mundo globalizado onde qualquer dado, imagem ou informação pode ser trocada em segundos por qualquer pessoa que tenha uma conexão Internet, seja ela provida de um aparelho celular ou computador.

Com o surgimento de novas tecnologias quanto ao provimento de serviços de Internet e com isso, velocidades maiores de acesso à Internet, mais usuários cada vez mais acessam, assistem e fazem downloads de dados, informações, vídeos e imagens, demandando mais espaço em disco de seus computadores e mais tráfico de Internet. Ai está um problema, como proporcionar uma determinada imagem, vídeo ou dado de forma rápida, sendo que a imagem está nos EUA e o usuário está na Rússia ? O caminho que um dado oriundo do Brasil leva para trafegar pelos vários roteadores no mundo pode levar vários segundos até chegar ao usuário na Rússia, segundos esses que podem deixar o usuário insatisfeito e se dirigir a outro site ou até mesmo ao concorrente.

Uma solução que a Microsoft, Apple, rackspacecloud e Americanas.com estão utilizando para resolver esse problema é a contratação de serviços de cache de conteúdo ou redes de fornecimento de conteúdo (CDN). Empresas como Akamai e CacheLogic que agora chama-se Velocix, comprada pela Alcatel-Lucent, fornecem o serviço de cache de conteúdo espalhado pelo mundo, reduzindo em muito a velocidade quanto ao acesso de uma determinada informação.

Caso você possua  um site hospedado no Brasil e tenha um usuário em Tóquio, a informação terá que cruzar o Globo até chegar ao Japão. O serviço CDN fornecido pela Akami por exemplo, faz uma cópia desse dado ou informação (na grande maioria dos casos esses dados devem ser estáticos) para um conjunto de servidores hospedados no Japão, que só faz o trabalho de cache, o serviço CDN por intermédio da análise do endereço ip do usuário aponta a melhor localização da informação baseando em diversas métricas, uma delas é a latência, o tempo que um pacote demora para chegar de um ponto ao outro.

As vantagens desse serviço são as seguintes:

  • Acesso mais rápido a uma determinada imagem, vídeo ou dado.
  • O usuário não fica chateado – isso é muito importante quando estamos falando de B2C (comércio eletrônico).
  • Diminuição do tráfego Internet entre grandes provedores e empresas.
  • Redução nos valores pagos ao provedores de link Internet.
  • Posicionamento global de seus produtos, sem a necessidade de comprar ou alugar servidores ou data centers em outros países.

Explicação de como funciona a tecnologia CDN.

Em média, as empresas que fornecem o serviço de CDN possuem mais de um datacenter nos grandes centros, continentes ou países que acessam à Internet. Exemplo é a China que possui vários destas redes CDN instaladas, já que é um país de proporções continentais, que tem o seu acesso Internet crescendo em mais de 14% ao ano, mas possui uma baixa qualidade, olhem o gráfico do tráfego Internet abaixo.

A imagem abaixo é um gráfico do status do tráfico Internet no mundo, valores mais altos indicam que o acesso à Internet está rápido.

A Microsoft criou a sua própria rede CDN em 2008, com o objetivo de propagar rapidamente seus patches e correções se segurança pelo mundo, além é claro, do download de seus produtos. A Microsoft tem um acesso de mais de 434 milhões de usuários por mês em todo mundo, não é para menos o motivo quanto a criação de uma rede CDN própria.

A Google desde de 2008 vem implementado um serviço denominado Google Global Cache quem tem como objetivo, diminuir o congestionamento de tráfego Internet nos backbones. Mais detalhes deste serviço no link.

VEJA TAMBÉM

PentesterLab – Aprendendo, e de graça, um pouco mais sobre segurança PentesterLab é uma iniciativa bem interessante quanto ao treinamento de pentest. E como ele funciona ? Simples, há uma série de exercícios, todos focados em testes de intrusão para aplicações Web, ...
Apresentações do HackingDay 2013 – primeira edição Pessoal, segue o primeiro paper disponibilizado por um dos palestrantes e que foi apresentado no HackingDay 2013. Links removidos para diminuir consumo de banda - apresentarei um novo link no go...
Code Spaces, uma prova que falta maturidade quando o assunto é adoção de Cloud Computing Anchises publicou em seu blog o artigo Quando sua nuvem evapora..., que trata a respeito sobre tudo o que culminou no fim do Code Spaces. Sou usuário de cloud computing desde do seu início, quero ...
COMPARTILHE ESTE ARTIGO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

MENU