Sistemas operacionais que funcionam em 64Bits possuem uma série de vantagens sobre os que rodam em 32bits, já começando pela quantidade de memória que eles suportam, o tamanho máximo de arquivos e capacidade de processamento.

Os desenvolvedores e criadores de distribuições Linux focadas em segurança sabiam disso, mas só agora que nós podemos desfrutar das suas criações rodando em 64bits. Exemplo disso é que a nova versão do BackBok, 1.05 acaba de ser lançada para 64bits e 32bits. A nova versão do Back|Track sairá no dia 10 de maio e também terá a distribuição para 64bits.

Vale lembrar que tem muita gente que roda distribuições de segurança em Netbooks, mas infelizmente têm uma serie de problemas de performance, principalmente na hora de quebrar uma chave criptográfica. O pessoal que tinha notebooks com processadores de 64bits não vai mais reclamar de ter uma ferrari, mas um rubinho como piloto 🙂

Vale lembrar que todas as novas distribuições de segurança que estão sendo lançadas tem como base o Ubuntu, o

Compartilhar:

Este post tem 2 comentários

  1. Gustavo, boa noite!

    Acompanho seu site a pouco tempo, e posso lhe falar que você está de parabéns pelo conteúdo apresentado, é um site diferenciado.
    Faço MBA em Redes de Computadores, e coincidentemente hoje começou uma matéria sobre o Linux com um professor que você deve conhecer Ricardo Giorgi.
    Vi algumas palestras da WebSecForum, a do Manoel Veras foi sensacional..
    Bom é isso continue nos passando conhecimento.
    Parabéns.

  2. Aguardando com ansiedade total o novo backtrack 64 bits, no web security , usei a versão 32 bits que tenho instalada e o desempenho ficou comprometido, espero que tenham resolvido o problema para a placa wi-fi RTL8187se, tá osso fazê-la funcionar na versão atual.

Deixe uma resposta

Fechar Menu