Posso dizer que fiquei impressionado com o conteúdo desta palestra. Vejam só:

Espionagem Industrial e Comercial

O objetivo desta apresentação é mostrar o valor dos dados e como a Engenharia Social e Hacking pode colaborar com isso.
É possível provar que informações que para nós podem parecer de pouca utilidade, possui um valor muito grande no mercado e nós, com o nosso conhecimento técnico, acabamos não percebendo.

As semanas que antecedem o hackingday, terei o objetivo de faturar R$ 10.000,00 com apenas algumas invasões e reuniões, afins de coletar e vender os dados de uma empresa que será invadida.
Apresentarei passo a passo todos os processos da invasão, negociação e venda de dados.
Este treinamento é 100% blackhat e não deverá ser repetido por ninguém, não importa a intenção.

Tópicos:

1. Entendendo o valor da informação
2. Procurando a vítima
3. Buscando falhas
4. Ownando e coletando dados sem deixar rastros
5. Informando os concorrentes
6. Engenharia Social
7. Evitando escutas telefônicas e filmagens
8. Apresentando o conteúdo coletado.
9. Recebendo os valores
10. Fidelizando o cliente
11. Legislação. Isso é crime.

Pesado, não ?

A Palestras Espionagem Industrial e Comercial será ministrada pelo Alan Sanches, dono e instrutor da eSecurity, empresa que foca em cursos de segurança.

E aí, você já comprou o seu ingreso ?

P.S.: Vale lembrar que esta palestra simulará empresas e fatos, sem afetar quaisquer pessoas ou instituições ou infligir a lei. A mesma possui carácter informativo e investigativo

Compartilhar:

Este post tem 10 comentários

  1. Gustavo o evento vai ser fod@, e o preço ta bem acessivel, mas por exemplo pra mim que sou de SC teria a viajem, estadia e tudo mais que encarece o valor. Não tem como fazer para pagarmos um streaming para ver as palestras em tempo real de casa ou da empresa?

  2. Me desculpe, mas esta palestra não tem nada a ver com a que foi dada no H2HC.

    Não incentivamos este tipo de palestra de forma alguma e isso é bem diferente de se pesquisar máquinas que foram vendidas em leilões, comprá-las, fazer análise forense e demonstrar que dados de entidades estavam disponíveis e que portanto os procedimentos de formatação de equipamentos é ruim em diversas empresas, mesmo as de grande porte.

    Abraços,

    Rodrigo.

  3. Rubira, o post não menciona que você ou a organização do H2hc incentivam este tipo de palestra. O mesmo vale para a organização, associados e empresas geridas pelo Gustavo C. Lima.
    O objetivo da palestra do Alan é alertar as empresas quanto a espionagem industrial e comercial.

  4. Eu nao disse que falaram isso. Disse a postura do H2HC e corrigi o erro de voces de compararem esta palestra com qualquer material que apareceu no H2HC.

    Abracos,

  5. Tudo removido e resolvido.. obrigada..

Deixe uma resposta

Fechar Menu