Falta menos de um ano para que os endereços IPv4 sejam utilizados por completo em todo o mundo, ficando assim exauridos. Empresas como IBM, HP e outras empresas gigantes do mercado de TI possuem alguns ips guardados para suas operações e para os seus clientes.

As maiores detentoras de Ipv4 disponíveis ainda são as universidades, principalmente as americanas como falado anteriormente.

Porém como no Brasil e em todo mundo, poucos empresas iniciaram o processo de migração de suas redes para o IPv6, isso devido a crise mundial que cortou nos 2 últimos anos muitos recursos financeiros e também a falta de interesse ou planejamento de uma grande parte das empresas.

Aqui no Brasil eu soube de alguns projetos que iniciaram no último ano quanto a migração de sua rede para IPv6, mas muitos deles tiveram problemas devido a falta de compatibilidade de uma série de produtos, cito como exemplo o Proxy-Cache Squid, muitas empresas utilizam essa excelente solução de Proxy freeware ao invés da solução paga da Microsoft, ISA Server. Mas o Squid apresentou sérios problemas de compatibilidade em redes IPv6.

Soube também de alguns projetos de migração do IPv4 para o IPv6 em uma das maiores operadores de telefonia e banda larga do nosso país, onde o projeto solicitou ajuda de uma série de experts em TCP/IP.

A Google, Facebook e algumas outras grandes da Internet já iniciaram os seus projetos de implementação de redes IPv6, porém nenhum cronograma foi apresentado ao público, vamos monitorar o tráfego e ver o que ocorrerá nos próximos meses. Acredito que haverá uma corrida a partir de Outubro/2010 até Fevereiro/2011, mas só o tempo diará.

Para ajudar aqueles que desejam acompanhar o fim dos endereços IPv4, eu coloquei no blog um script que acompanha o dia à dia da exaustão dos endereços IPv4 e também a utilização de endereços IPv6, mas a adesão quanto aos endereços IPv6 está muito pequena, 6,6% ainda.

Compartilhar:

Este post tem um comentário

  1. A UFMG possui uma classe B inteira, parece brincadeira mas até impressora lá tem IP válido….

Deixe uma resposta

Fechar Menu