Uma das maiores ameaças contra desktops em todo o mundo são os vírus, há vários tipos, com várias formas diferentes de contaminação e estragos que eles podem fazer nos computadores. Existem os softwares malware, softwares que tem como objetivo causar danos nos computadores infectados, neste caso são mais difíceis de serem detectados quando muito jovens, sem vacinas ou assinaturas conhecidas pelas empresas fabricante de anti-vírus.

Mas um dado é importante, mais de 90% das ameças voltadas aos desktops visam o envio de um dado via rede para alguém, sendo assim, há uma conexão TCP/UDP entre o computador infectado e o hacker/cracker que deseja os seus dados para causar algum tipo de estrago.

Muitos dos anti-vírus não conseguem detectar este tipo de ataque, como demonstrado do vídeo abaixo:

A instalação de um firewall no desktop, um bom firewall neste caso, possibilita a você monitorar todo o tráfego de rede entre o seu computador e o mundo, dizendo o que pode ser trafegado ou não. Com isso, você pode identificar possíveis ameaças que o seu desktop esteja sofrendo, mas que o seu anti-vírus não tenha detectado, e impedi-las.

O Avast é um dos poucos anti-vírus freeware do mercado que possui uma pequena análise de rede, digo pequena pois o mesmo não é um firewall, mas possui uma série de assinaturas de diferentes ataques, tendo assim a capacidade de inibir uma série deles. Eu uso e recomendo para o mundo Windows.

Não existe segurança 100%, mas você pode proteger o seu computador de uma boa parte das ameaças virtuais com o casamento de um bom anti-vírus (bem atualizado) e um firewall.

Abaixo uma explicação bem humorado do porque da combinação entre os dois – IT Crowd é 10. 🙂

Compartilhar:

Deixe uma resposta

Fechar Menu