O Financial Times deste sábado solta uma bomba em todo o mercado de TI e de valores do mundo, a certa saída das operações do Google na China (99,9% de certeza), informação essa dita por uma pessoa próxima as negociações entre o Google e o governo Chinês.

O Google é o maior site de buscas de todo o mundo e prega pela liberdade de expressão e informação, tanto que o Google possui como objetivo a indexação de toda a informação do mundo. Porém os seus gigantescos planos vão de encontro com o controle socialista e duro do governo Chinês, governo esse que jamais abriu mão de seus valores rígidos quanto ao controle da divulgação da informação em seu país.

A saída do Google do território chinês abrirá uma grande fenda nos diversos serviços e produtos que ele fornece por lá. Microsoft, Yahoo! e tantos outros, terão espaço livre e um mercado que cresce anualmente mais de 30%.

A reportagem abaixo é sobre esse conflito, Google x China, que logo terá um desfecho, bom para alguns, mas ruim para democracia e liberdade de expressão.

A saída do Google do mercado Chinês poderá acarretar em uma queda abrupta do valor de suas ações. A China possui o mercado que todas as grandes empresas precisam estar para crescer, já que o mundo está saindo de uma crise, mas a economia chinesa não para de crescer.

Será que o Google possui mais poderes que a China, país esse que possui o terceiro maior PIB (Produto Interno Bruto do Mundo), segundo maior credor dos EUA, e logo logo, o país mais industrializado do mundo ? Essa resposta só o tempo dirá.

fonte: Financial Times

Compartilhar:

Deixe uma resposta

Fechar Menu