Ipv6.br e Nic.br reclamando da adoção do Ipv6 em nosso país, mas a quantidade de rotas BGP IPv6 no mundo está baixa

Tags: , , , , , ,

Vejam só, mais uma vez o pessoal do Ipv6.br e Nic.br estão fazendo campanha para conscientizar as empresas, principalmente as telecons, quanto a necessidade da adoção do Ipv6, já que o Ipv4 acabou.

Tudo bem, eles estão mais do que certos quanto a isso. É fato que o Ipv6 é melhor e resolve uma série de problemas existentes, e contornáveis, digamos de passagem, quanto ao Ipv4, mas depois de dar uma olhada na BGP full table atualizada deste site, pude perceber que há uma grande discrepância quanto a quantidade de rotas do novo para o antigo protocolo.

Vejam logo abaixo:

Screen Shot 2014-08-09 at 7.53.06 PM

Claro que sempre haverá uma discrepância quanto a quantidade de rotas, tudo porque o Ipv6 comporta muitos, mais muitos ips, porém não era para ser tão grande assim essa diferença. Daí vem a minha pergunta, o que adianta migrar tudo para Ipv6 a passos de Fórmula 1, se o resto do mundo está fazendo, mas a passos de lesmas ?

E pessoal do Ipv6.br ou do Nic.br, não venham me dizer que precisamos fazer a nossa parte, pois muitos sabem que não é tão simples assim.

P.S.: Ganhei um roteador wifi de vcs na última campus party, aqui em sp. Foi sorteio hein. Posso dizer uma coisa, o bicho é bom pacas. Obrigado.

VEJA TAMBÉM

Ganhador do Sorteio do livro Virtualização 2ª – Brasport + Dr. Manoel Veras E o ganhador do sorteio do livro Virtualização (2ª edição): Tecnologia Central do Datacenter foi o Carlinho networks.  Ele receberá, no conforto de sua casa, um exemplar deste livro. Mais sorteios ...
Denúncias contra o SindPD/SP Depois a galera fala que eu pego no pé. Poxa, eu irei me candidatar para fazer parte do corpo diretivo do SindPD. Falando sério agora. Qualquer tipo de denúncia deverá ser investigada pelos ...
As palestras sobre segurança que rolaram na #cpbr5 Sei que muitos dirão, porra Gustavo, a #cpbr5, o maior evento de tecnologia brasileiro, aconteceu há 2 semanas, e só agora você faz um post sobre o que rolou de segurança na #cpbr5 ?! - pois é, sei do...
COMPARTILHE ESTE ARTIGO

COMENTÁRIOS

3 comentários em “Ipv6.br e Nic.br reclamando da adoção do Ipv6 em nosso país, mas a quantidade de rotas BGP IPv6 no mundo está baixa

  1. Rubens Kuhl

    Mesmo quando 100% do mundo ativar IPv6, o número de rotas do IPv6 vai ser bem menor que o do IPv4… enquanto o IPv4 apresenta um índice muito alto de desagregação de prefixos, em IPv6 já se tem alocado blocos grandes de uma vez. O bloco típico de IPv6 para provedores é /32, o que dá 4 bilhões de redes /64 por provedor. Já no IPv4 quem tem muitos IPs foi acumulando um monte de blocos picados…

    … a adoção do IPv6 ainda não é 100%, claro. Mas o jeito de medir isso não é o número de rotas; o APNIC tem um estudo muito bem feito de adoção de IPv6 por usuários finais:
    http://labs.apnic.net/ipv6-measurement/

    Na seção “Economies” mostra que o país com mais v6 tem 30%, e a grande maioria está longe disso.

    Já olhando sites tem este estudo aqui:
    https://www.vyncke.org/ipv6status/

    Em Web o Brasil tem 28% de sites mais acessados (Alexa) em IPv6, o que significa que nesse lado temos feito a nossa parte… mas com apenas 0,03% de usuários finais com v6, e com muitos provedores de trânsito não oferecendo v6, o lado telecom tá fraco comparado com o mundo (número 62 no ranking).

DEIXAR UM COMENTÁRIO

MENU