Antes de começar a discorrer sobre o tema deste post, gostaria de apontar alguns dos pré-requisitos para obtenção desta tão importante certificação junto a comunidade de segurança da informação.

Além, é claro, de passar na prova, para se certificar, o candidato deve atender aos seguintes pré-requisitos:

Concordar e assinar o Código de Ética do (ISC)²;
Ter, no mínimo, três anos de experiência profissional em alguns dos 10 domínios de conhecimento em segurança da informação testados pela prova de certificação;
Ser indicado por outro CISSP, empregador ou outra fonte digna de confiança;

Nota: Caso o pessoal da (ISC)² internacional quisesse correr atrás sobre a ética de alguns dos profissionais certificados no CISSP, pelo menos no Brasil, putz, isso iria dar uma merda federal..

Agora, eu fiquei intrigado, o menino passou no CISSP, mas não no mensa ? Ora bolas, aos 5 anos, o garoto já atuava na área, não é mesmo ?

O pior é que o moleque passou com 78%. de score.

O engraçado é ver nas listas de discussões da vida, uma porrada de marmanjo montando grupo de estudos para prestar a prova.

Caso a notícia seja verdadeira, um moleque de 8 anos passou em uma das mais difíceis certificações de segurança da informação, tidas até então. Sendo assim, vc que não conseguiu passar no CISSP, já deve começar a chorar..

Fim..

 

Atualização: — acabei de rever o português…

Compartilhar:

Este post tem 13 comentários

  1. Certificação não siginifica nada. O importante é saber resolver problemas e possuir o conhecimento técnico para faze-lo, juntamente com a capacidade de projetar e implementar as coisas de forma correta, entendendo cada passo.

  2. Para o mercado certificação vale sim!
    Se isso for verdade, quem endossou deve ser punido. Simples assim!

  3. Há prodígios em toda e qualquer área e digamos, CISSP não é o maior dos desafios se compararmos que um moleque de Fortaleza passou em medicina em primeiro lugar em uma universidade federal. Isso sim é feito.

    Contudo o fato nem aumenta e nem diminui o peso da certificação que digo, é melhor aceita pelo mercado em si do que pela ‘comunidade’.

    Só fiquei intrigado sobre o Score já que isso não é divulgado em caso de sucesso na prova.

    saudações,
    gg

  4. Galeno, concordo, em partes, com o seu ponto de vista, pois o mercado, principalmente o brasileiro, tornou a CISSP uma certificação quase que mágica, superando para alguns a CCIE, sendo esta última N vezes mais difícil de ser obtida do que a primeira.

    Quanto ao score, também fiquei intrigado, mas a info está aí e assim como a origem da notícia..

  5. Por isto que sempre falo, TI não precisa de curso superior. Qualquer pessoa aprende ainda mai hoje em dia com diversos cursos EAD.

  6. Noticia falsa.
    Quem passa no exame nunca saberá a sua nota.

    Acho que nao foi dessa vez.. 😉

  7. eu até suspeito desta notícia, mas não posso mentir que ela não seja engraçada.

  8. Simplesmente não acredito nesta noticia, pura publicidade para divulgar a certificação.

  9. Grande Gustavo! Até acredito que seja verdade tem um moleque aih que tirou o MSCP com essa mesma idade, passou nas TV’s e tudo na epoca

  10. Senhores,

    O grande erro e falha de segurança da informação nas empresas e acredidtar que a certificação vai proteger, não é atoa que varias empresas são atacadas, e cade os profissionais com varias certificações? O que ta faltando de verdade não e certificação, mas analise e conhecimento daquilo que faz, muitos não passam de um certificado de papel.

  11. Gostaria de saber como ele conseguiu o score, se tal resultado não é mostrado para quem passa ou reprova. no mínimo é uma invenção da grande.

  12. Isso esta me parecendo furada, a ISC2 não divulga o Score de aprovação. Fora que, não é medido em % e sim em pontos. As questões tem peso diferente, vc pode acerta 78% das questões e fazer menos pontos de quem fez 73%, por conta que questões mais difíceis ou complexas valem mais pontos que questões mais fáceis ou menos complexas, pensem nisso.

  13. Renato, acredito q vc esteja certo. Preciso pesquisar mais a respeito do assunto..

Deixe uma resposta

Fechar Menu