Fiquei impressionado pela análise feita pelo meu sobrinho de 15 anos que culminou na escolha de estudos em TI focados em JAVA. Utilizando o Google ele verificou que grande parte dos projetos corporativos e plataformas rodam em JAVA e  espantou-se com as últimas grandes aquisições que a Oracle fez há dois anos (aquisição da BEA, líder na venda de servidores aplicacionais JAVA e depois da SUN, criadora do JAVA) – wikipédia é fantástico.

Seu próximo passo foi analisar como está o mercado de empregos em TI, acessou os sites apinfo.com e Catho, constatou a grande procura por profissionais desenvolvedores JAVA.

Faltava saber sobre os salários, na capital de São Paulo, em média um desenvolvedor JAVA júnior recebe R$ 2.500,00, o pleno R$ 4.000,00, podendo chegar a R$ 15.000,00 no casos de arquitetos JAVA com grande experiência e uma série de certificações.

Munido destas informações ele foi à procura de cursos especializados na cidade de SP, os primeiras que encontrou foram a Caelum e a GlobalCode, excelentes por sinal, mas ele se deparou com um problema, o alto custo/investimento dos cursos JAVA, não é qualquer pessoa que pode desembolsar mais R$ 1.000,00, valor médio a ser pago pelo curso básico de desenvolvimento JAVA.

Paguei um curso introdutório para o meu sobrinho, JAVA e Programação Orientada a Objetos, quero ver como ele se sairá neste primeiro.

Gostaria de ver grandes empresas de treinamentos firmando parcerias com escolas técnicas e de segundo grau para proverem cursos de TI, focados em programação/desenvolvimento com preços acessíveis para que jovens pudessem ter o quanto antes contato com essas tecnologias, incentivos fiscais poderiam ser dados por prefeitos e governadores, isso já ocorre com empresas de TI,que ganham redução de ISS.

Muitos dizem que JAVA poderá morrer em 5 ou 10 anos, eu discordo, vejo no meu dia-a-dia grandes empresas gastando milhões de reais em projetos para a criação de novos sistemas e plataformas, todos eles baseados em JAVA. Projetos baseados em SOA estão na crista da onda nas grandes empresas, neste momento eu estou diretamente envolvido em 3, com duração prevista de 1 ano para cada um deles e todos utilizam JAVA como linguagem de programação.

Se você ainda está na dúvida quanto à estudar JAVA ou outra linguagem de programação aí vai o meu conselho: Estude JAVA, consiga um emprego, depois comece a estudar outra linguagem de programação, tudo ficará mais fácil com dinheiro no bolso 🙂

Compartilhar:

Este post tem 4 comentários

  1. Haha, dei uma sumida, mas agora estou de volta! 🙂 Legal a iniciativa de seu sobrinho e ainda mais a sua, bancando um curso introdutório para ele! Só não posso deixar de comentar sobre a atual situação da Oracle VS Apache (ou sria Oracle VS Open Source?), http://idgnow.uol.com.br/mercado/2010/11/09/java-apache-declara-guerra-a-oracle/ Complicado isso. Acho Java uma ótima linguagem de programação, muito poderosa e vesátil, mas com a atual posição da Oracle sobre o cenário Open Source acho o futuro do Java um tanto incerto. Inclusive a Oracle tem visto os desenvolvedores do OpenOffice irem embora e se juntarem para criar um novo e mais bem sucedido suíte, o LibreOffice, para se livrarem do controle da empresa. Essa discussão vai longe. Acredito que investir em Java à curto praso seja um ótimo negócio, mas ainda está por vir o verdadeiro desfecho dessa história.

  2. Gostaria que meu tio me pagasse um curso de java também haha.
    Sabe, você falou em “grandes empresas de treinamentos firmando parcerias com escolas técnicas e de segundo grau para proverem cursos de TI”. Eu gostaria de ver escolas, fundamental e segundo grau, dando cursos, aulas, palestras ou algo do gênero para TI. Eu finalizei meu ensino médio não faz muito tempo, estudei em escola pública e nunca tive incentivo nenhum para a minha área.
    Tenho em mente de segui nesta área desde que eu tinha meus 10 anos e comecei a me apaixonar, mas nunca tive o apoio pelas escolas que passei.
    Seria muita bacana se as escolas, pelo menos, fizessem palestras ou conversassem com os seus alunos sobre essa área também.

  3. Só R$1000? Eu paguei R$3000 na Divus/GlobalCode Manaus pelo curso de Academia Java, e olha que estava difícil achar um curso decente desses aqui. Aqui estamos carentes de cursos e treinamentos. Venha pra cá com qualquer certificação e monte um curso e pode cobrar qualquer valor que tem gente que paga, porque não tem.
    Estou pensando em juntar um $$$ e fazer férias de cursos em outro estado, só assim mesmo… triste mas é

  4. Dia 28 agora começo um curso de Java Web, paguei 1.650,00 e achei que estava pagando muito, mas pelo que andei pesquisando agora, é a média mesmo.
    Espero aprender também, pois o curso é muito caro!

Deixe uma resposta

Fechar Menu