Que trabalha com auditoria, criação de normas ou que gerencia grandes ambientes de TI, já deve estar sabendo do lançamento da norma ABNT NBR ISO/IEC 27003:2011.

Esta Norma foca os aspectos críticos necessários para a implantação e projeto bem sucedidos de um Sistema de Gestão da Segurança da Informação (SGSI), de acordo com a ABNT NBR ISO IEC 27001:2005. A norma descreve o processo de especificação e projeto do SGSI desde a concepção até a elaboração dos planos de implantação. Ela descreve o processo de obter a aprovação da direção para implementar o SGSI, define um projeto para implementar um SGSI (referenciado nesta Norma como o projeto SGSI), e fornece diretrizes sobre como planejar o projeto do SGSI, resultando em um plano final para implantação do projeto do SGSI.

Ela está à venda pelo “módico” preço de R$153,90 – Depois eles reclamam que a galera fica pirateando as coisas.

Dica do sempre antenado @suffert

Compartilhar:

Este post tem 4 comentários

  1. Isso dava um bom videocast einh?! #FicaDica

  2. Instituições de ensino, tais como Ensino Profissionalizante e Ensino Superior, tem acesso, como, convênios e preços mais acessíveis ainda.
    As bibliotecas destas instituições tem aplicativos de acesso web, que acessam e faz a compra em 1 minuto, além da impressão do material.
    A cada impressão vem o nome da instituição no rodapé, para evitar a pirataria.

  3. Interessante, mas todo o profissional que deseja ter acesso à Norma precisa estar matriculado em uma instituição de ensino ? Esse é o problema, se a norma tivesse um preço acessível, todos comprariam. Por isso que há a pirataria, e convenhamos, por que uma norma deve ser mais cara que um livro que possui mais de 600 páginas ?

  4. Gustavo, Associações profissionais (como o CREA) também possuem convênio que possibilita comprar a norma por um preço mais em conta. Como os profissionais registrados já fazem o pagamento da anuidade, sai bem em conta sim.

    Sobre pirataria, no Brasil e no mundo a questão não é preço, e sim querer levar vantagem (se posso ter de graça, por que pagar?). Existem coisas que custam menos de 5US$, mas o cara prefere baixar de um site pirata.

    Neste caso específico você pode tentar utilizar as normas do NIST, que tratam muito bem de assuntos como segurança da informação e continuidade de negócio e são gratuitas.

Deixe uma resposta

Fechar Menu