O governo americano liberou alguns documentos que constam que a NSA, uma das agências governamentais dos EUA especializada em bisbilhotar a vida dos outros, solicitou US$ 900 milhões para criar, em Maryland, um High Performance Computing Center, um grande datacenter composto por supercomputadores.

E a pergunta que não quer se calar: For What ?!. O governo americano vem se preocupando, ao longo dos anos, com as guerras cibernéticas. Cada vez mais, países vêm se preparando com a contratação de jovens mentes, mas bem familiarizadas com redes, ameaças e ataques cibernéticos, e muito, mais muito equipamento de TI de primeira.

China e Irão já possuem exércitos cibernéticos. Inglaterra, Alemanha e França vêm recrutando via Twitter, Facebook e pelas redes do Xbox 360 e PS3.

O Brasil está fazendo a sua parte, treinando e certificando o exército brasileiro em CISSP. Piadinhas à parte, os governos devem e muito se preparar para os embates cibernéticos. Há guerras cibernéticas sendo travadas todos os dias, acontece que elas não são divulgadas e armar os seus exércitos com bons escovadores de bits e bytes já é um começo para se proteger.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

Fechar Menu