O lançamento do IOS5 causou uma séria preocupação por parte dos administradores dos backbones em todo mundo, a Apple foi simplesmente responsável pelo maior tráfego de rede já registrado.

Diversos provedores de Internet, em todo mundo, registaram problemas de lentidão devido ao download do IOS5. Boa parte da Europa ficou sem conseguir acessar a Internet e alguns países tiverem que tomar medidas para contar um possível apagão digital. O gráfico abaixo demonstra o aumento expressivo do tráfego de rede na Europa.

Steve Jobs deve estar rindo em muito nessa hora, mas falando sério, há preocupação é válida, pois demonstra que os grandes provedores precisam investir e rápido em novas tecnologias e caminhos para que a Internet possa fluir de uma forma heterogênea. Um ponto importante, o acesso à Internet em diversos países passa pelo mesmo caminho, não havendo redundância. Vejam no mapa abaixo:


Quem não lembra do rompimento dos cabos submarinos no Oriente Médio e na Asia, 30% da população mundial ficou sem acesso e bilhões de dólares foram perdidos. Hoje, todos são dependentes da Internet, sejam empresas pessoas ou governos, daí a importância dos investimentos.

Compartilhar:

Este post tem 6 comentários

  1. Toda semana acontece algo parecido, atualização do Corujadeti.com.br!

    Já é sabido há bastante tempo que precisamos melhorar o funcionamento da internet a nível mundial … Qqr hora dessas para tudo!

  2. Uhmmm, tive um problema de lentidão em domínios hospedados principalmente no Japão e Austrália esses dias. Quando o pacote saia do Brasil, a latência chegava a mais de 300ms fora. Será que tem algo a ver com isso? 😀

  3. porque atualizacoes do windows e linux nao derrubam a internet? e o uso de torrent entao? nao tem algo errado?

  4. Concordo com o Maycon algo esta erra quantos milhões de torrent sendo baixados nesse momento e a rede não fica lenta. Mas ótima matéria e Jobs com certeza esta rindo la no ceu das tecnologias kkkkk.

  5. Acontece sim galera. Torrents sao algo completamente distribuidos. Atualizacoes de OS nem sempre e por mais que sejam, nem se compara com o nivel de distribuicao em redes P2P. No Brasil talvez isso nao foi “sentido” como na Europa. Por aqui (Paises Baixos) o negocio foi complicado. Minha conexao em casa estava um lixo, A da universidade nao sofreu muito pois tem um link dedicado a rede de pesquisa holandesa. A quantidade de produtos Apple por pessoa aqui e’ muito maior do que no Brasil por exemplo, talvez por isso foi mais pesado por aqui.

    Tunico&Tinoco, “precisamos melhorar o funcionamento da Internet a nivel mundial”, isso nao existe. A Internet e’ um conjunto de sistemas autonomos cooperando entre si. Se um nao esta’ bem pode influenciar o desempenho dos outros, mas tambem pode ser que nao. Nao existe a possibilidade de “melhorar a Internet” porque ninguem e’ dono da mesma. O que se pode e’ melhorar infraestrutura e backbones de provedores de acesso, redes de transporte, etc. Mas melhorando de um lado, nao garante que o outro esteja melhor tambem.

  6. Outra coisa, isso que aconteceu e’ muito parecido com ataques DoS (Denial of Service – Negacao de Servico), aonde um ou varios computadores sao configurados para ficar acessando um site especifico. Como o servidor que hospeda esse site precisa responder a todas as tentativas de acesso, quando alguem que realmente quer acessar o site, pode ter seu acesso negado porque o servidor nao pode ser acessado, devido a carga de tentativas de acesso. Quando esse tipo de ataque parte de mais de uma fonte, se chama DDoS (Distributed DoS – DoS Distribuido). Um bom exemplo e bem recente sao os ataques que o grupo Anonimos estava praticando em favor do Wikileaks, com foco em sites como paypal que estavam negando em receber as doacoes ao movimento Wikileaks.

Deixe uma resposta

Fechar Menu