A Oracle é uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, e, em minha opinião, a maior quando o assunto é middleware ou SOA.

Utilizo alguns de seus fantásticos produtos a pelo menos 12 anos.

Mas de vez em quando ela dá algumas vaciladas fantásticas. Exemplo disso é o Oracle Fusion Middleware – Webtier, que á a união dos seguintes produtos abaixo:

Oracle HTTP Server

Oracle HTTP Server provides a listener for Oracle WebLogic Server, and the framework for hosting static pages, dynamic pages, and applications over the Web. It is based on Apache 2.2.10 infrastructure, and includes modules developed specifically by Oracle. The features of single sign-on, clustered deployment, and high availability enhance the operation of the Oracle HTTP Server.

Oracle Web Cache

Oracle Web Cache is a content-aware server accelerator, or reverse proxy, for the Web tier that improves the performance, scalability, and availability of Web sites that run on Oracle HTTP Server. Oracle Web Cache is the primary caching mechanism provided with Oracle Fusion Middleware. Caching improves the performance, scalability, and availability of Web sites that run on Oracle WebLogic Server by storing frequently accessed URLs in memory.

Oracle Process Manager and Notification Server (OPMN)

OPMN provides a command-line interface for you to monitor and manage Oracle Fusion Middleware components and sub-components. The OPMN server should be started as soon as possible after turning on the computer. OPMN must be running whenever OPMN-managed components are turned on or off.

O core business desta solução está nos dois primeiros produtos que na verdade são um apache e um memcached alterados.

Mesmo a Oracle e muita gente que trabalha com eles saberem disso, tem empresa que ainda paga mais de R$ 20.000,00 no Oracle Fusion Middleware – Webtier, achando que ele aumentará e muito a performance do seu ambiente.

Por experiência própria, o Oracle Fusion Middleware – Webtier pode ser facilmente substituído pelo Apache 2.4, já utilizando o evento-drive, mais o módulo do memcached  ou se não, o Varnish, para cuidar do conteúdo estático.

Essa pequenina mudança gera uma grande economia, cerca de R$ 20.000 só com licenças. 🙂

Essa dúvida foi feita por um leitor do blog via e-mail e que vale a pena ser compartilhada com a galera.

Compartilhar:

Este post tem 6 comentários

  1. Gustavo, eles não tomaram esta iniciativa para terem produtos Oracle em todas as camadas e, com isso, lançar o Oracle Cloud? Acredito que seja por isso… o que não quer dizer que é melhor solução xD

  2. Como o Folley lembrou faz sentido para a Oracle ter uma solução desse tipo, integrada com os demais aplicativos do “Oracle Cloud”, assim na hora de vender ela pode vender um pacote fechado (e extremamente caro). Penso que cabe a quem propõe uma determinada solução (e também por quem paga) julgar qual produto se adapta melhor a cada cenário.
    No final das contas a Oracle está certa em oferecer esse tipo de produto, afinal o objetivo maior dela é ganhar dinheiro, enquanto houver gente disposta a pagar R$ 20K em licenças ela vai continuar trabalhando dessa maneira.
    Abraço

  3. Diego, como consultor, eu não posso falar o ponto que vc colocou para um cliente, mas sim, entregar o melhor projeto, seguindo custo x benefício.

  4. Concordo com o Gustavo, principalmente em caso de clientes que não entendem nada sobre o assunto, é ai que nós temos que defende-los dos tubarõe$$$ 🙂

  5. Gustavo, concordo contigo que como consultor você tem que entregar o projeto com melhor custo/benefício. Mas montando um produto em cada camada a Oracle pode disponibilizar suporte avançado fim a fim na solução de Cloud. Acredito que seja essa a idéia, algumas pessoas não veem com bons olhos usar soluções fora do “pacote” mesmo que tenham que pagar mais caro.

  6. Gustavo e Tiago, concordo inteiramente com vocês. Só reafirmo que esse tipo de atitude da Oracle é compreensível a partir do momento que ela ganha (muito) dinheiro vendendo as suas soluções. Consultores que não ganham dinheiro com a venda de licenças tem que buscar a solução que tenha o melhor custo beneficio 🙂

Deixe uma resposta

Fechar Menu