Trabalho em um grupo que em 4 meses saltou de 15 para 36 profissionais, isso graças aos novos clientes e ao aumento da demanda no suporte à novos projetos (a crise realmente foi embora). O pessoal brinca comigo dizendo que eu conheço todo mundo no mercado, isso porque eu trabalho há 15 anos na área e já passei por várias empresas. É isso que acontece com consultores ou que gostam de apagar incêndios. Devido a estes dois fatores, o meu apelido no departamento é bombeiro.

Porem, não somos onipresentes e nem oniscientes, mas bem que os nosso chefes gostariam.. :). Precisamos de ajuda para tocar o dia a dia e os novos projetos, e para isso, temos que contratar.

Acontece que uma vez ou outra, aparece um currículo ou profissional para eu avaliar ou até mesmo indicar. O problema está no fato de eu conhecer boa parte das empresas e das pessoas que atuam no mercado de WEB, aqui no Brasil.

Muitos não acreditam, mas temos banco de dados de empresas e profissionais na cabeça. Sabemos quais projetos deram certo e quais não deram, além de sabermos quais são são os bons e os maus profissionais.

Claro que em 2 ou 5 anos, uma pessoa pode mudar e se aperfeiçoar, normal. Mesmo assim, você deve tomar cuidado na hora que for indicar algum antigo colega. Li, de novo, o artigo do Maza sobre o assunto e tenho alguns pontos à acrescentar:

  • Saiba quais são os pré-requisitos da vaga, atentando para o que o seu chefe e/ou seu departamento espera do novo profissional.
  • Muito cuidado com o mercado WEB, se a vaga for para um arquiteto de infraestrutura, não quer dizer que um Arquiteto SOA poderá assumir a mesma função. São cosias distintas, e o mais importante, deixe isso claro para o seu chefe e para o candidato à vaga.
  • O trabalho é estressante, toma bastante tempo do seu dia, sem chances para ir ao banheiro, avise o quanto antes o indicado. Não deixe o cara entrar e descobrir que a carga de trabalhou aumentou para 80 horas semanais, depois será você o culpado por não ter lhe avisado.
  • Fale ao seu chefe da experiência que você teve com o indicado, seja ela boa ou ruim. Lembre-se, jogo limpo, assim você não se queima.
  • Você sabe o salário que estão oferecendo para este profissional e descobriu que ele é maior que o seu ?! Você também sabe das suas competências e capacidades ?! Está na hora de você renegociar a sua grana. Fale com o seu chefe, não culpe o cara novo. Don’t hate the player, hate the game.
  • Não tenha medo de compartilhar conhecimento, isso é importante para você agendar as suas folgas, férias e até mesmo uma promoção. Pessoas centralizadoras têm sérios problemas dentro de grandes empresas.

Espero que eu tenha ajudado. 🙂

Compartilhar:

Deixe uma resposta

Fechar Menu