Há 3 meses, quando iniciei a divulgação do Web Security Forum, eu enviei alguns emails para jornalistas conhecidos que escrevem sobre TI abrindo espaço para eles participarem do evento e é claro, divulgá-lo. O que me chamou atenção foi a resposta de um jornalista, conhecido no mercado, mas que não citarei o nome:

Também não há  personalidades internacionais ou outros aspectos que tornem o evento notícia.

Corrijam-me se eu estiver errado, mas se eu trouxer seu Tio SAM no evento, que não saca nada de segurança ou que sua palestra é uma porcaria, mas que vem de um país lá do norte, o evento será notícia ?!

O brasileiro é paga-pau para estrangeiro, vejam os prédios comercias de São Paulo, ou eles têm nome em francês ou em inglês. Impressionante, tudo indica que o que vem de fora é melhor que o produto nacional, e isso afetou durante um tempo, graças a Deus, o mercado de TI. Era comum chamarmos americanos, indianos ou qualquer outra nacionalidade para resolver um determinado problema em TI. Quantas vezes eu me deparei com um indiano fazendo o mesmo que eu fazia, tirando as mesas conclusões, mas como ele era um indiano, as respostas dele valiam mais.

E isso, quanto ao profissional de TI estrangeiro, não acontece só no Brasil. Nos EUA há cerca de 5 anos era comum associar um indiano como um bom profissional de TI, e na grande maioria das vezes, isso não é verdade. Digo isso por ter trabalhado em 4 continentes do planeta e ter ficado um tempinho na Índia. O indiano tem sérios problemas em se estabelecer em empresas de TI devido aos seguinte fatores:

  • Costumes.
  • Língua – o inglês de alguns indianos é parecido com de algumas línguas como o  Klingon.
  • Dificuldade em trabalhar em equipe.

As coisas em TI mudaram nesses últimos 10 anos, tanto é que somos umas das maiores potências em terceirização de serviços de TI pela qualidade do nosso trabalho. Nenhum executivo se atreve a comparar a qualidade de um profissional de TI brasileiro com um indiano, chinês ou até mesmo americano. Fazemos mais, com melhor qualidade e por um preço mais baixo.

Não sou a favor do nacionalismo ao extremo, devemos aprender com outros povos, mas dar descrédito ao trabalho dos outros por não ter um estrangeiro participando dele é ser ignorante ao extremo.

Compartilhar:

Este post tem 7 comentários

  1. Caro coruja,

    Acho que o jornalista escreveu sobre “personalidade internacional” OU “aspecto que torne o evento notícia”. Tem o lado do jornalista, ele quer alguém famoso, importante, relevante ou algum fato extraordinário, algo que traga os holofotes para a mídia dele.
    Vi a agenda do evento, é um time de primeira, não há o que discutir.
    Concordo com o post, realmente sofremos de “síndrome de vira-lata”.
    Mas, apesar do diferencial, capacidade e excelente material humano, os interesses, livros, hardware, software e grandes marcas tupiniquins ainda são poucos na nossa área.

  2. Hehehe … Isso mesmo Gustavo!
    Exemplo disso é os caras desprezarem o Nelson Brito só porque ele é brasileiro.

  3. Daqui à pouco tempo ele vai cair na real e ver que tem que rever o conceito dele.

    Sou da mesma opinião que você.

    Att
    Adilson Almeida

  4. Realmente, isso acontece muito aqui no Brasil, essa mania idiota de idolatrar tudo o que é de fora.
    Falo isso pq morei 5 anos na Inglaterra e lá me relacionei com gente do mundo todo, USA, EUROPA, AFRICA e muitissimos Indianos…

    E sei que os melhores empregados eram justamente os BRASILEIROS, por serem mais dedicados, responsaveis e de fácil relação para trabalhos em equipes. Falo .Os proprios ingleses davam preferencia para as vagas de suas empresas aos Brasileiros, o unico problema era a questão de Visas, mas fora isso, somos melhores mesmo. Aprendemos tudo muito rápido e com muita dedicação, ao menos lá fora!!

    Eles evitavam os indianos, mesmos esses sendo de grande escala e os que mais estavam na area de TI. Mas a mão de obra deles lá eram muito baratas!!! Pois parecia um enxame de tantos num mesmo lugar!!Justamente por causa da Cultura e costumes deles.

    Brasil acorda para o mundo!!
    Somos os melhores!!

    Sei que quem idolatra somente o exterior são principalmente aquelas pessoas que nunca sairam do Brasil!
    Pois quem já morou fora, a mentalidade é bem diferente!!

    Valeu:)

  5. Perfeita sua opinião. Profissionais competentes em TI existem em todo lugar, inclusive no Brasil. Esse descrédito com o brasileiro não deveria existir há muito tempo.. e muito menos a bajulação por estrangeiros!

    Parabéns pelo excelente blog!
    Continue nos brindando com informações de qualidade!
    abraço.

  6. se não me engano o brasil é considerado o país com maior “qualidade” em segurança internet bank ! né?

  7. o Brasil é considerado o país com maior “qualidade” em segurança Internet Bank e Também é o país com maiores fraudes bancarias!
    hehehe

Deixe uma resposta

Fechar Menu