SIM, você precisa e essa é a minha resposta para aqueles que desejam trabalhar em uma grande multinacional. Inglês é decisivo na hora que empresas estão selecionando um candidato.

O Brasil é um dos maiores centros de terceirização do planeta, sendo superados somente pela Índia e China e o inglês é a língua nativa de diversas destas empresas. O interessante é que  nós estamos roubando clientes da China e da Índia devido o jeitinho brasileiro – somos multi-tarefa e possuímos conhecimento técnico em diversas áreas, além do nosso inglês ser bem melhor que o falado por eles.

Se você é uma daquelas pessoas que está há 3 anos em um cursinho e ainda não fala nada em inglês, está na hora de trocar de escola ou método. Eu por exemplo: Estudei 5 anos a língua, fiz prova e tudo mais, porém fiquei 1 ano e meio sem falar um palavra em inglês, resultado, esqueci tudo. Com o passar dos anos, eu vi que era essencial para a minha carreira falar inglês. Resolvi colocar a mochila nas costas e viajar, conhecendo outras culturas e outros idiomas. Aprendi a falar inglês.

Uma dica, a fluência de uma língua não está no fato de você ser proficiente gramaticalmente, mas em você passar uma informação a uma pessoa e ela a  entender. Americanos e outros povos falam e escrevem de forma errada, como nós brasileiros, mas se comunicam. É isso que eu digo para o pessoal que começa em TI. Você precisa saber ler, ouvir e falar inglês até o ponto que você consiga se comunicar de forma clara e objetiva.

A copa do mundo e as olimpíadas estão chegando e o idioma oficial será o inglês. Preparem-se, vai rolar muito emprego de TI por aí.

Compartilhar:

Este post tem 8 comentários

  1. Concordo em gênero, número e grau !

    Nos processos seletivos dos quais meus alunos vem participando nos últimos anos, principalmente em grandes multinacionais, a entrevista em Inglês é uma etapa eliminatória e decisiva. Lembro-me de um rapaz cuja profissão era DJ e não tinha uma gramática impecável mas, como conseguia entender e se fazer entender de forma excelente, acabou por se tornar funcionário da Microsoft.

    Já tive alunos de Formação CCNA que tiveram seus estudos custeados com bolsa de 100% por empresas que os recem contrataram, tudo por quê eles já tinham inglês fluente.

    A grande verdade é que com 6 meses de treinamento pode-se construir uma boa base técnica mas dominar uma língua da noite para o dia já é um pouco mais complicado …

  2. Puts…Finalizei a faculdade a uns 2 meses so que 1 semana atras perdi um estagio na CPM Braxis por esse motivo. Bem o estagio era para programação e eu não sei muito programar, ate pq o meu curso e de Redes de computadores, dai a empresa me chamou para o estagio acredito pelo conhecimento na língua inglesa…

  3. Concordo em 100%. Hoje trabalho em uma multinacional e falo inglês o dia inteiro. Trabalho com alemães, norte-americanos, suecos, chilenos, argentinos… E a língua oficial é o inglês. Usei o espanhol apenas uma vez, o italiano nenhuma. O importante mesmo é o inglês verbal, comunicativo.

  4. Boa tarde Gustavo Lima,
    You can’t believe how happy I am reading your post.
    Sou Professor de Inglês na Fatec Jales, no curso de Sistemas para Internet. Morei 4 anos na Inglaterra e este ano fiz um curso na Universidade da California, em San Diego. O meu discurso dia-a-dia com meus alunos não é outro senão este. Tenho trabalhado duro em minhas aulas, onde o foco é conversação, e temos alcançado ótimos resultados. E se hoje, neste mundo onde tudo é bastante efêmero, multi-cultural e globalizado, inglês é imprescindível para todas as áreas, imagine em TI. Fico muito feliz e espero que meus alunos também tenham a oportunidade de ler o seu post (Testimonial), pois não é o professor de inglês deles dizendo isso, mas alguém da área que vive a experiência profissional.
    Obrigado!

  5. Qual melhor escola de inglês?

  6. Qual um método melhor para se aprender rápido aqui no Brasil?
    Aulas particulares ou uma escola? Cursos online acredito que..não.

  7. Jefferson,
    aulas particulares com bons professores são excelentes.

    O preço gira em torno de 80~100 reais por aula no RJ.

    é full time em você e não tem aquela baboseira de livrinho. É leitura e conversa.

    Eu larguei 3 anos de cna e comecei a aula particular com um conhecido meu, não me arrependo.

  8. Olá, sou Rodrigo e trabalho no Epic em Salvador, temos um Método de ensino da língua inglesa, que é o TKE “The King`s English” que que vem sendo plagiado e mal executado por 3 das maiores e mais caras escolas do Brasil, só que agora nós vamos colocar filiais em todo Brasil a preço populares, e vamos ensinar o Brasil todo a falar Inglês! já estamos em Salvador a mais de 20 anos e não é magica é Mnemotécnica, do mesmo jeito que vc aprendeu quando era criança a falar o português: contatos, práticos, diários. Até Breve. Epic The Kin’s English

Deixe uma resposta

Fechar Menu