Eu digo e repito, o motivo pelo qual os nossos professores são despreparados está no fato deles receberem baixos salários e não terem tempo para pesquisa.

Um bom salário possibilita ao professor uma melhor qualidade de vida, além do fato dele poder se aperfeiçoar com cursos e em seus estudos. Uma pequena nota quanto a isso: Parabéns a secretaria da educação do Estado de SP que dá 20% de desconto aos seus professores para compra de livros. Isso já é um começo.

A pesquisa é um outro ponto fundamental, é com ela que um professor será capaz de descobrir e apresentar novos projetos aos seus alunos, isso irá criar novas tecnologias e novas formas de se trabalhar. Vejo que no Brasil são poucos os professores que possuem estes dois privilégios. Pois isso que eu não me espanto quando um leito chega via twitter ou comentário no blog dizendo que um dos seus professores não conhece uma determinada tecnologia, a qual já está no mercado e implementada em grandes empresas há mais de 6 anos.

Quanto pior for o ensino, pior será o formando. Ele estará formado, mas sem conhecimento.

O maior problema que eu vejo é que estamos com um déficit de quase 100 mil profissionais de TI no mercado brasileiro, e este número deve aumentar ainda mais. São poucas as universidades que preparam os seus alunos para o mundo corporativo, também tem o lado das pesquisas, teses de mestrado e doutorado que não levam à nada. Tem muita coisa feita com dinheiro público que não serve nem para limpar as mãos.

Não vejo um futuro promissor para o mercado de TI brasileiro nos próximos 10 anos se a nossa educação não sofrer um revés.

P.S>: Título corrigido.

Compartilhar:

Este post tem 2 comentários

  1. Concordo plenamente. Parece que existe uma grande “dificuldade” em se investir em educação em nosso país. Criam-se diversos obstáculos a cada dia, os quais não existem em outros países em desenvolvimento, mas no Brasil é diferente… aliás, tudo aqui é diferente. Na minha opinião, não há investimento em educação simplesmente porque o governo não quer que seu povo seja “inteligente”, não saiba como lutar e protestar pelos seus direitos, para que assim nossos políticos tenham tranquilidade para trabalhar, daquele jeito que todos sabem que eles trabalham, e não sejam incomodados. É mais ou menos assim que acontece, ao meu ver.
    E parabéns pela matéria Gustavo, o futuro de nosso país é realmente precupante nesse sentido.

  2. Então… eu acho meio esquisito isso. Pra mim, o professor é tao responsavel pelo sucesso da carreira do aluno quanto os sindicatos sao.
    Não é o professor que prepara o aluno mediocre, o aluno escolhe ficar na mediocridade… ou nao?
    Se nao for o aluno responsavel, o profissional tambem nao é responsavel pelo seu crescimento profissional.
    (e ai tudo que falamos sobre isso cai por terra).
    Opiniao minha hein?! 😛 Nao estressa.

Deixe uma resposta

Fechar Menu