Por essa ninguém esperava. A RedHat acaba de anunciar que juntou forças com o time responsável pelo mantenimento do projeto CentOS, tido por muitos, como a cópia mal-atualizada do RedHat Enterprise Linux.

Acontece que o CentOS ganhou muito mercado, nos últimos 4 anos, entre as empresas de tecnologia que queriam um SO Linux, mas sem pagar o custo do suporte da RedHat.

São incontáveis os repositórios disponibilizados no mercado para o CentOS.

Mais informações e detalhes sobre esta união poderão ser vistos no seguinte link.

Mas e o projeto Fedora, pergunto eu ?

O Fedora é pouco utilizado pelo mercado, fato. A RedHat viu isso e está dando mais destaque ao CentOS, pois deseja demonstrar as empresas que há um projeto opensource bom e suportado, mas quando o assunto é mais sério, quando precisam de suporte para operação crítica, as empresas terão que colocar a mão no bolso.

Mas eu não acredito que o Fedora morrerá, pelo menos a curto prazo.

Vamos acompanhar as cenas dos próximos capítulos.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

Fechar Menu